A Gestão e o Planejamento Integrado dos Recursos Hídricos: o caso da barragem de Cristalândia, na Bahia

  • José Carrera-Fernandez
Palavras-chave: Água, recursos hídricos, abastecimento público, irrigação, geração de energia elétrica

Resumo

Este artigo aborda a questão do planejamento e gestão dos recursos hídricos, tema da maior relevância para o desenvolvimento econômico sustentável. Apresenta-se uma análise econômica criteriosa que busca delinear a melhor utilização conjunta dos recursos hídricos em uma perspectiva regional integrada, que leve em consideração não apenas os objetivos individuais de cada setor, mas principalmente os objetivos mais amplos de toda a sociedade, assim como esteja em consonância com o importante princípio dos usos múltiplos dos recursos hídricos. A barragem de Cristalândia, na bacia do rio de Contas, no Sudoeste do estado da Bahia, foi tomada para objeto deste estudo pela sua importância estratégica para o desenvolvimento dessa regi„o. Os recursos hídricos disponibilizados pela referida barragem, além de cumprir com a sua função nobre no atendimento da demanda ecológica, foram eficientemente alocados para o abastecimento urbano de Brumado – importante município da região – e para o abastecimento rural e animal na área de influência do projeto, bem como para suprir as necessidades dos outros setores estratégicos e grandes usuários dos recursos da água que s„o a agricultura irrigada e a geração de energia elétrica. Ao harmonizar e otimizar os interesses dos diversos setores usuários da água nessa regi„o e buscar uma gestão intersetorial simétrica e autosustentável dos recursos hídricos aí disponibilizados, o projeto multifuncional de Cristalândia cumpre o seu papel na medida que lega a base de recursos hídricos necessária para as futuras gerações.

Biografia do Autor

José Carrera-Fernandez
Professor de Economia da Universidade Federal da Bahia e PhD* em Economia pela The University of Chicago.
Publicado
2008-01-01
Seção
Artigos