A Análise do Discurso como Estratégia de Pesquisa no Campo a Administração: uma visão global

  • Augusto Cezar de Aquino Cabral
Palavras-chave: Análise do discurso, Estudos Organizacionais e Estratégia de Pesquisa.

Resumo

Este ensaio constitui uma reflexão sobre a Análise do Dis- curso (AD), que vem ocupando um espaço cada vez mais significativo nos estudos organizacionais em geral e na admi- nistração em particular. Ele não visa aprofundar conhecimen- tos que se inserem no campo da lingüística. Entretanto, elabora uma síntese de algumas das fundamentações teóricas da AD. Com o intuito de clarificar o campo de atuação da AD, ele inicia-se com a apresentação de suas correntes princi- pais, uma divisão metodológica que delimita orientações distintas tanto no campo teórico quanto no prático. Em seguida, toma-se como ponto de partida no embasamento teórico as contribuições de Saussure. Posteriormente, as teorias de atos de fala, ou prag- máticas, assim como as teorias de enunciação e o conceito de destinaridade são brevemente explorados, como forma de fixar um referencial que guie o leitor e o permita compreen- der a premência de se submeter o discurso da administração às indiscretas lentes da AD. Despertar a consciência para esta possibilidade, enfatizando o seu potencial, e ressaltar aspec- tos-chave que sobressaem-se na análise do discurso da admi- nistração é o intuito maior. Dados os objetivos de desmas- carar os implícitos, os silêncios e pluralizar as compreensões, o enfoque qualitativo da AD é apontado como o mais apro- priado. A refelexão apresentada demonstra que, enquanto ‘ciência’, a administração se faz através de discursos, com significados explícitos e latentes marcados por ideologias e, conseqüentemente, através de posições comprometidas.

Biografia do Autor

Augusto Cezar de Aquino Cabral
Doutor em Administração – Professor Adjunto Instituição: UFC – Faculdade de Economia, Administração, Atuária,Contabilidade e Secretariado Executivo
Publicado
2008-01-01
Seção
Artigos