CARACTERÍSTICAS DO DISCLOSURE AMBIENTAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS POTENCIALMENTE POLUIDORAS: ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS E DOS RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE DO PERÍODO DE 2005 A 2007

  • Suliani Rover
  • José Alonso Borba
  • Fernando Dal Ri Murcia
Palavras-chave: Evidenciação Voluntária. Meio Ambiente. Características. Análise de Conteúdo. Empresas Potencialmente Poluidoras.

Resumo

Este artigo objetiva identificar as características do disclosurevoluntário ambiental de empresas brasileiras. Para tanto,analisaram-se as Demonstrações Financeiras Padronizadas(DFPs) e os Relatórios de Sustentabilidade (RS) de 2005 a2007 de empresas abertas com ações listadas na Bolsa deValores de São Paulo (BOVESPA), pertencentes a setores dealto impacto ambiental. As características analisadas, com basena análise de conteúdo, compreendem a classificação deevidência, o tipo de notícia, a referência temporal e a localizaçãoda informação. Os resultados demonstram que nos trêsanos, as 57 empresas da amostra evidenciaram 6.182 sentençasambientais, sendo 73% divulgadas nos RS e 27% nasDFPs. Enfatiza-se que a maior parte da evidenciação édeclarativa, do tipo positiva e com referência temporal nãoespecificada. Conclui-se que a pesquisa corrobora a Teoria daDivulgação Voluntária, uma vez que as empresas divulgaramvoluntariamente poucas informações negativas a respeito desuas práticas ambientais.

Biografia do Autor

Suliani Rover
Doutorado em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo. Tutora à Distância da UFSC
José Alonso Borba
Pós-doutorado pela Rutgers University. Coordenado do Mestradoe Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina
Fernando Dal Ri Murcia
Doutorado em andamento em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo. Professor Temporário da FIPECAFI
Publicado
2008-01-01