A INFLUÊNCIA DA ESTRATÉGIA DE VÍNCULOS INTERORGANIZACIONAIS SOBRE A DINÂMICA DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

  • Bruno Tavares
  • Luiz Marcelo Antonialli
  • Cleber Carvalho de Castro
Palavras-chave: Pequena Empresa. Rede. Estratégia.

Resumo

As interações interorganizacionais importam significativamentepara a eficiência das organizações e representam umaestratégia por meio da qual as micro e pequenas empresas(MPE) superam as suas limitações. Este artigo objetivaidentificar os elementos característicos das micro e pequenasempresas que podem sofrer influência da adoção daestratégia de redes, definidas como o estabelecimento devínculos interorganizacionais estáveis. Para tanto, forampesquisados artigos dos anais do Encontro de estudos sobreempreendedorismo e gestão de micro e pequenas empresas(EGEPE) que relatavam estudos empíricos sobre o tema,além de referências sobre as MPE e as redes. Ao final, sãoidentificados mecanismos pelos quais as redes interferemnas características das MPE, e conclui-se que os vínculosinterorganizacionais caracterizam-se como estratégia favorávelàs MPE, pois podem fornecer vantagens por meio daseconomias de aglomeração e pela obtenção de benefíciosnão alcançáveis pela empresa caso ela atue de modo isolado.

Biografia do Autor

Bruno Tavares
Doutorando em Administração pela Universidade Federal de Lavras, Mestre em Extensão Rural pela Universidade Federal de Viçosa e Professor Assistente da Universidade Federal de Viçosa.
Luiz Marcelo Antonialli
Doutor em Administração pela FEA-USP e Professor Adjunto da Universidade Federal de Lavras
Cleber Carvalho de Castro
Doutorado em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Professor Adjuntoda Universidade Federal de Lavras
Publicado
2008-01-01
Seção
Artigos