A combinação entre estratégias deliberadas e emergentes em organizações: estudo de casos comparativos em ambientes dinâmicos

  • Rudolf Gabrich Fundação Dom Cabral
  • José Márcio de Castro Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Estratégia deliberada. Estratégia emergente. Formulação estratégica. Arquitetura organizacional. Ambiente dinâmico.

Resumo

O objetivo deste artigo é examinar a dinâmica do surgimento de estratégias emergentes em organizações que fazem usode processos deliberados de formulação estratégica. Especificamente, o objetivo é analisar como e por que ocorre nasorganizações estudadas a combinação de emersão e de deliberação estratégica. Para isso, desenvolveu-se um estudo decasos comparativos em duas organizações situadas em ambientes dinâmicos. Os resultados indicam que as organizaçõescombinam estratégias deliberadas e estratégias emergentes para aproveitar as oportunidades ou acomodar as pressõesoriundas do ambiente externo. Além disso, há evidências de que o espaço para o surgimento de estratégias emergentesbem como sua combinação com estratégias deliberadas seja influenciado pela natureza da estratégia deliberada e dosfatores da arquitetura organizacional – estrutura, coordenação, sistemas de controle gerencial e de incentivos. Em outrostermos, significa que quanto mais restrito o escopo da estratégia deliberada e quanto mais rígido os fatores da arquiteturaorganizacional maior o grau de dificuldade para a emersão e a consolidação dessas estratégias emergentes. Por fim, osresultados sugerem que o manejo da capacidade lateral da organização parece influenciar as estratégias emergentes.

Biografia do Autor

Rudolf Gabrich, Fundação Dom Cabral
Mestre em Administração (FDC/PUC Minas) - Cursa o Doutorado no Instituto de Empresa (Madri - Espanha). Professor da Fundação Dom Cabral.
José Márcio de Castro, Universidade Católica de Minas Gerais
Doutor em Administração pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo/FEA/
USP. Professor do Programa de pós-graduação em Administração(PPGA) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Publicado
2008-01-01
Seção
Artigos