Análise da criação de valor em uma operação de leveraged buyout (LBO) No Brasil

  • Marcelo Mitre Filho Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Andrei Aparecido de Albuquerque Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Michel Augusto Santana da Paixão Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Geração de Valor. Leveraged Buyout. LBO. Private Equity. Economic Value Added.

Resumo

Fazendo uso de um modelo de negócio baseado na aquisição de empresas com potencial de crescimento, os private equities desenvolveram as leveraged buyouts (LBOs). Para a aquisição da empresa-alvo, utiliza-se a dívida como pagamento de parte significativa do valor da aquisição. Um dos principais objetivos das LBOs é possibilitar que entidades financeiras realizem um volume considerável de aquisições sem comprometer substancialmente o patrimônio e o capital próprio, mitigando o risco do investimento e maximizando o retorno. Este artigo visa analisar a criação de valor em uma operação de LBO no mercado brasileiro, através do uso do Economic Value Added (EVA®). O método de pesquisa empregado foi o ex post facto, baseado em uma pesquisa qualitativa. O resultado encontrado indica evidências inconclusivas quanto a destruição do valor em uma operação de LBO nacional, considerando outros possíveis elementos responsáveis pelo indicador EVA® negativo.

Biografia do Autor

Marcelo Mitre Filho, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Bacharel em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos.
Andrei Aparecido de Albuquerque, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Doutor em Administração de Organizações e Mestre em Controladoria e Contabilidade pela USP/FEA-RP. MBA Controladoria e Finanças pela FUNDACE/USP. Bacharel em Ciências Contábeis pela USP/FEA-RP. Docente do Departamentos de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos.
Michel Augusto Santana da Paixão, Universidade de São Paulo (USP)
Doutor e Mestre em Economia Aplicada pela USP/ESALQ. Bacharel em Ciências Econômicas pela UNESP.

Referências

ACHLEITNER, A; BOCK, C; TAPPEINER, F. Financial covenants and their restrictiveness in European LBOS – An assessment in the Aftermath of the Financial Crisis. International Journal of Entrepreneurial Venturing, v.4, n.3, p. 214–238, 2012.

ALBUQUERQUE, A. A.; VALLE, M. R. Capacity of earnings’ prediction of EVA® in the Brazilian public companies. International Business Research, v. 8, n. 1 p. 38-49, 2015.

ASSAF NETO, A. Contribuição ao estudo da avaliação de empresas no Brasil: uma aplicação prática. 2003. 202 f. Tese (Livre Docência) – Departamento de Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Ciências Contábeis de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

AXELSON, U; STRÖMBERG, P; WEISBACH, M.W. Why are buyouts levered? The financial structure of private equity funds, The Journal of Finance, v.64, n.4, p.1549–1582, 2009.

BASSO, L. F. C.; OLIVEIRA, S. F.; KAYO, E. K. Ajustes contábeis para o cálculo do EVA: estudos sobre os procedimentos adotados em empresas brasileiras. Contextus Revista Contemporânea de Economia e Gestão, v. 16, n. 1, p. 39-58, 2008.

CARLYLE GROUP. Disponível em: <http://www.carlyle.com>. Acesso em: 12 out. 2014.

COLAK, G. Diversification, refocusing, and firm value. European Financial Management Journal, v.16, p.422-448, 2010.

CUMMING, D; SIEGEL, D; WRIGHT, M. Private equity, leveraged buyouts and governance. Journal of Corporate Finance, v.13, n.4, p.439–60, 2007.

DAMODARAN, A. Investment valuation: tools and techniques for determining the value of any asset. New York: John Wiley & Sons, Inc., 2 ed, 2002.

EHRBAR, A. EVA: valor econômico agregado: a verdadeira chave para a criação de riqueza. Tradução Bazan Tecnologia e Lingüística. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1999.

ERNST YOUNG. Regaining equilibrium: Global Private Equity Watch 2014, 2014. Disponível em: <http://www.ey.com/Publication/vwLUAssets/New_opportunities_bring_balance to_private_equity/$FILE/EY_Global_Private_Equity_Watch_2014.pdf>. Acesso em: 7 jun. 2014.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS – FGV. A indústria brasileira de private equity e venture capital – 2º Censo Brasileiro. 2011.

GRINBLATT, M; TITMAN, S. Mercados financeiros e estratégia corporativa. Porto Alegre: Editora Bookman, 2005.

HUNG, Y.; TSAI, M. Value creation and value transfer of leveraged buyouts: a review of recent developments and challenges for emerging markets. Emerging Markets Finance and Trade, v. 2016.

KAPLAN, S. N. The staying power of leveraged buyouts. Journal of Financial Economics, v. 29, p. 287-313, 1990.

KAPLAN, S.N; SCHOAR, A. Private equity performance: returns, persistence, and capital flows. Journal of Finance, v. 60, p.1791-1823, 2005.

KAPLAN, S.N; STROMBERG, P. Leveraged buyouts and private equity. Journal of Economic Perspectives, v.23, n.4, p.121-146, 2008.

KEEF, S. P; ROUSH, M.L. The relationship between economic value added and stock market performance: a theoretical analysis. Boston: Hoboken, v. 19, n.2, p. 245-253, 2003.

KRUSE, T.A; DENIS, D.J. Managerial discipline and corporate restructuring following performance declines. Journal of Financial Economics, v.55, n.3, p.391-424, 2000.

LERNER, J. The globalization of alternative investments. In: The Global Economic Impact of Private Equity, 1, 2008, London: The World Economic Forum, 2008.

LI, X. Productivity, Restructuring, and the gains from takeovers. Journal of Financial Economics, v.109, n.1, p.250-271, 2013.

KRUGMAN, PAUL R. e OBSTFELD, M. Economia internacional: teoria e política, 8ª edição, Pearson Makron Books, 2010.

MAKSIMOVIC, V; PHILLIPS, G; PRABHALA, N.R. Post-merger restructuring and the boundaries of the firm. Journal of Financial Economics, v.102, n.2, p.317-343, 2011.

MARTINS, E. Avaliação de empresas: da mensuração contábil à econômica. 5. reimpr. São Paulo: Atlas, 2006.

O’BYRNE, S. F. EVA and its critics. Journal of Applied Corporate Finance, Malden, v. 12, n. 2, p. 92-96, Summer 1999.

PEARL, J; ROSENBAUM, J. Investment banking: valuation, leveraged buyouts and merger & acquisitions. New York: John Wiley & Sons, 2009.

PRICEWATERHOUSECOOPERS – PWC. M&A and private equity in Brazil: an overview, 2013. Disponível em: <http://www.pwc.com.br/pt_BR/br/setores-de-atividade/private-equity/assets/private-equity-brazil-13.pdf>. Acesso em: 7 jun. 2014.

QUALICORP – Disponível em: ri.qualicorp.com.br. Acessado em: 12 outubro 2014.

QUALICORP. Prospecto definitivo de oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias de emissão da Qualicorp S.A, 2011. Disponível em: <http://ri.qualicorp.com.br/qualicorp/web/arquivos/Qualicorp_PROSPECTO_DEFINITIVO_20110628_port.pdf>. Acesso em: 12 out. 2014.

RAPPAPORT, A. Gerando valor para o acionista: um guia para administradores e investidores. Tradução Alexandre L. G. Alcântara. São Paulo: Atlas, 2001.

SAHA, A.; AHMAD, N. H.; YEOK, S. G. Evaluation of performance of Malaysian banks in risk adjusted return on capital (RAROC) and economic value added (EVA) framework. Asian Academy of Management Journal of Accounting and Finance, v. 12, n.1, p. 25-47, 2016.

SAURIN, V; MUSSI, C.C; CORDIOLI, L.A. Estudo do desempenho econômico das empresas estatais privatizadas com base no MVA e no EVA®. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 1, nº 11, 1º Trim./2000.

SAVÓIA, J. R. F. A globalização do mercado financeiro brasileiro: um estudo de implicações sobre a competitividade. 1996. Tese de Doutorado - Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, 1996.

SCHIRM, S.A. Mercados globais e margem de ação do Estado. São Paulo: Konrad Adenauer Stiftung, 1999.

SHOURUM, G; HOTCHIKISS, E.S; SONG, W. Do buyouts (still) create value? Swedish Institute for Financial Research Conference on The Economics of the Private Equity Market, 2008.

YOUNG, S. D. Some reflections on accounting adjustments and economic value added. Journal of Financial Statement Analysis, New York, v. 4, n. 2, p. 7-19, Winter 1999.

YOUNG, S. D.; O'BYRNE, S.F. EVA and value-based management: a practice guide to implementation. USA: Mc Graw Hill, 2000.

Publicado
2017-10-02
Seção
Artigos