O COMÉRCIO JUSTO COMO AGENTE MITIGADOR DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS: O CASO DO ALGODÃO ECOLÓGICO

  • Marilia Bonzanini Bossle Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luís Felipe Nascimento Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Marcelo Trevisan Universidade Federal de Santa Maria e Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Paola Schmitt Figueiró Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Comércio Justo, mitigação das mudanças climáticas, agroecologia, algodão ecológico, orgânico

Resumo

O Comércio Justo é uma configuração comercial orientada ao desenvolvimento sustentável, com melhores condições de trocas, promovendo a preservação do meio ambiente e proporcionando melhores condições aos produtores. Nesta pesquisa, objetivou-se evidenciar como o Comércio Justo pode contribuir para mitigar os efeitos das mudanças climáticas. A pesquisa foi realizada em duas etapas, a primeira exploratória, em busca de exemplos práticos relatados na teoria e a segunda, descritiva onde coletaram-se dados junto a organizações de Comércio Justo que integram a cadeia do algodão agroecológico. Este algodão é produzido com o uso de técnicas agrícolas sustentáveis e possui certificação de orgânico e de Comércio Justo. Os resultados sugerem que o Comércio Justo pode ser uma alternativa capaz de amenizar os efeitos nocivos da produção em grandes escalas e intensiva no uso de agroquímicos. São evidenciados os avanços observados nesse sentido, assim como apresenta-se as carências que ainda devem ser trabalhadas.

Biografia do Autor

Marilia Bonzanini Bossle, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutoranda em Administração na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) .Graduação e Mestrado em Administração (UFRGS). 
Luís Felipe Nascimento, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 Professor Associado nível 2 na Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pesquisador do CNPq. Doutor em Economia e Meio Ambiente (Universidade de Kassel - Alemanha)   
Marcelo Trevisan, Universidade Federal de Santa Maria e Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 Docente do Departamento de Ciências Administrativas da Universidade Federal de Santa Maria e Doutorando em Administração na UFRGS.Mestre em Administração (UFSC)  
Paola Schmitt Figueiró, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutoranda em Administração – UFRGS Mestrado em Adm - UFRGS Graduação em Administração - UFSM
Publicado
2012-08-12
Seção
Artigos