A pobreza multidimensional em Salvador diminuiu? Evidências a partir da abordagem espacial

  • Eli Izidro dos Santos Teatro Popular de Ilhéus
  • Ricardo Candéa Sá Barreto DJU/CAGECE - Diretoria Jurídica da Companhia de Água e Esgoto do Ceará
  • Ícaro Célio Santos de Carvalho Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP)
Palavras-chave: Desigualdade Social, Pobreza Multidimensional, Concentração de Pobreza, Índice de Pobreza, Econometria Espacial.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar a pobreza multidimensional nos bairros de Salvador. No cálculo do Índice de Pobreza (IP), foram consideradas, além da renda, outras variáveis que igualmente representam privações dos cidadãos. Os bairros foram organizados em rankings de pobreza que, por comparação com o IDH, se mostraram consistentes com um estudo espacializado da pobreza na capital baiana, além de evidenciar uma redução de 59,91% entre 2000 e 2010. Também se encontrou concentração de baixa e de alta pobreza em diversas áreas do município, principalmente na zona norte. A utilização de um modelo econométrico espacial apontou os determinantes da condição de pobreza para os anos de 2000 e 2010, cuja influência foi negativa para a renda média e para a longevidade, enquanto a mortalidade infantil, o analfabetismo e a desigualdade de renda apresentaram influência positiva.

Biografia do Autor

Eli Izidro dos Santos, Teatro Popular de Ilhéus
Mestre em Economia Regional e Políticas Públicas, Graduado em Administração - Programa de Pós-Graduação em Economia Regional e Políticas Públicas - Departamento de Ciencias Econômicas. Diretor Administrativo - Teatro Popular de Ilhéus.
Ricardo Candéa Sá Barreto, DJU/CAGECE - Diretoria Jurídica da Companhia de Água e Esgoto do Ceará
Pós-doutor em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e doutor em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Analista de Gestão da CAGECE.
Ícaro Célio Santos de Carvalho, Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP)
Doutorando em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); Graduado em Administração e Mestre em Economia Regional e Políticas Públicas pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Referências

ADAMS, R. J. Economic Growth, Inequality, and Poverty: Findings from a New Dataset. World Bank Policy Research Working Paper n. 2972, Washington, DC, 2002.

ALKIRE, S.; FOSTER, J. Counting and Multidimensional Poverty Measurement. OPHI Working paper, v. 7, 2009.

ALLARDT, E. Having, loving, being: An alternative to the Swedish model of welfare research. The quality of life, v. 8, p. 88-95, 1993.

ALMEIDA, E. Econometria espacial. Campinas–SP: Alínea, 2012.

ALMEIDA, E. PEROBELLI, F. S.; FERREIRA, P. G. C. Existe convergência espacial da produtividade agrícola no Brasil? Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 46, n. 1, p. 31-52, 2008.

AMARAL, R. F. do; CAMPOS, K. C.; LIMA, P. V. P. S. Distribuição da pobreza no estado do Ceará: uma abordagem multidimensional. Interações, v. 16, n. 2, p. 327-337, 2016.

ANAND, S.; SEN, A. Concepts or Human Development and Poverty! A Multidimensional Perspective. United Nations Development Programme, Poverty and human development: Human development papers, p. 1-20, 1997.

ANSELIN, L. Spatial Econometrics: methods and models. Kluwert Academic, 1988.

ANSELIN, L. Spacestat tutorial: a workbook for using Spacestat in the analysis of spatial data. Illinois: Urbana, 1992.

ANSELIN, L.; BERA, A. K. Spatial dependence in linear regression models with an introduction to spatial econometrics. Statistics Textbooks and Monographs, v. 155, p. 237-290, 1998.

ASSELIN, L.-M. Composite Indicator of Multidimensional Poverty. CECI, 2002.

ARAÚJO, J. A.; MORAES, G. S.; CRUZ, M. S. Estudo da pobreza multidimensional no Estado do Ceará. Sobral: Laboratório de Estudos Regionais. (Texto para discussão 03), 2012.

ÁVILA, J. F. Pobreza no Rio Grande do Sul: uma análise exploratória da sua distribuição espacial a partir de indicadores multi e unidimensionais. (Dissertação de Mestrado em Economia do Desenvolvimento). Porto Alegre: FACE, PUCRS, 2013.

BAUMONT, C. Spatial effects in housing price models: do housing prices capitalize urban development policies in the agglomeration of Dijon (1999)? Technical report, Université de Bourgogne, Pôle d’Economie et de Gestion, 2004.

BIBI, S. Measuring poverty in a multidimensional perspective: A review of literature. PMMA Working Paper, 2005.

BOSSERT, W.; CHAKRAVARTY, S. R.; D’AMBROSIO, C. Multidimensional poverty and material deprivation. Montreal. CIREQ-Cahier, 2009.

BOURGUIGNON, F.; CHAKRAVARTY, S. R. Multidimensional poverty orderings. Delta, 2002.

BOURGUIGNON, F.; CHAKRAVARTY, S. R. The measurement of multidimensional poverty. Journal of Economic inequality, v. 1, n. 1, p. 25-49, 2003.

CARVALHO, I. M. M.; PEREIRA, G. C. Segregação socioespacial e desigualdade em Salvador. Cadernos do CEAS – Revista Critica de Humanidades, v. 235, p. 5-22, 2015.

CUMMINS, R. A. The domains of life satisfaction: An attempt to order chaos. Social indicators research, v. 38, n. 3, 303-328, 1996.

DA SILVA, D. O. P.; DE ARAÚJO JUNIOR, I. T.; DA SILVA, M. V. B. Pobreza, desigualdade e crescimento: evidências obtidas a partir de painel dinâmico para os estados brasileiros. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 3, n. 2, p. 1-26, 2009.

DUCLOS, J. Y.; SAHN, D. E.; YOUNGER, S. D. Robust multidimensional poverty comparisons. The economic journal, v. 116, n. 514, p. 943-968, 2006.

ESPÓSITO, L.; CHIAPPERO-MARTINETTI, E. Multidimensional Poverty Measurement: Restricted and Unrestricted Hierarchy of Weights Among Poverty Dimensions. OPHI Working Papers, v 22, 2008.

FLORAX, R. J.; FOLMER, H.; REY, S. J. Specification searches in spatial econometrics: the relevance of Hendry’s methodology. Regional Science and Urban Economics, v. 33, n. 5, p. 557-579, 2003.

FOSTER, J. The Foster-Greer-Thorbecke poverty measures: Twenty-five years later. Institute for International Economic Policy Working Paper Series. Elliott School of International Affairs. The George Washington University. Washington DC, 2010.

FOSTER, J.; GREER, J.; THORBECKE, E. A class of decomposable poverty measures. Econometrica: journal of the econometric society, p. 761-766, 1984.

FOSTER, J.; SHORROCKS, A. F. Poverty orderings. Econometrica: Journal of the Econometric Society, p. 173-177, 1988a.

FOSTER, J.; SHORROCKS, A. F. Poverty orderings and welfare dominance. In: Distributive Justice and Inequality (p. 91-110). Springer, Berlin, Heidelberg, 1988b.

GIOVANETTI, A. E.; RAIHER, A. P. Uma Análise Multidimensional da Pobreza dos Municípios Paranaenses em 2010. Revista de Estudos Sociais, v. 17, n. 33, p. 228-248, 2015.

HOFFMANN, R. Transferências de renda e a redução da desigualdade no Brasil e em cinco regiões entre 1997 e 2004. Revista Econômica, v. 8, n. 1, p. 85-81, 2006.

HOFFMANN, R. Elasticidade da Pobreza em Relação à Renda Média e à Desigualdade no Brasil e nas Unidades da Federação. Revista Economia, v. 6, n. 2, p. 255-289, 2005.

KAGEYAMA, A.; HOFFMANN, R. Pobreza no Brasil: uma perspectiva multidimensional. Economia e Sociedade, v. 15, n. 1, p. 79-112, 2006.

KAGEYAMA, A.; HOFFMANN, R. Pobreza rural no Brasil em 2003. In: Encontro de Nacional de Economia Política. Campinas, SP: Sociedade Brasileira de Economia Política, 2005.

KAKWANI, N.; SILBER, J. (Eds.). Quantitative approaches to multidimensional poverty measurement. Springer, 2008.

KRISHNAKUMAR, J. Going beyond functionings to capabilities: an econometric model to explain and estimate capabilities. International Conference on The Many Dimensions of Poverty International Poverty Centre, 2005.

LACERDA, F. C. C. A pobreza na Bahia sob o prisma multidimensional: uma análise baseada na abordagem das necessidades básicas e na abordagem das capacitações. (Dissertação de Mestrado em Economia). UFU, Uberlândia, Brasil, 2009.

LIMA, A. L. M. C. Modelagem de Equações Estruturais: uma Contribuição Metodológica para o Estudo da Pobreza. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil, 2005. 297p.

MARANDUBA JÚNIOR, N. G.; ALMEIDA, E. S. D. Spatial convergence analysis of tax transfers from the Robin Hood Act. Economia e Sociedade, v. 18, n. 3, p. 583-601, 2009.

NEDER, H. D.; SILVA, J. L. M. D. Pobreza e distribuição de renda em áreas rurais: uma abordagem de inferência. Revista de Economia e Sociologia Rural, v 42, n. 3, p. 469-486, 2004.

OLIVEIRA, R. C. D.; ALMEIDA, E.; FREGUGLIA, R. D. S.; BARRETO, R. C. S. Desmatamento e crescimento econômico no Brasil: uma análise da curva de Kuznets ambiental para a Amazônia legal. Revista de economia e sociologia rural, v. 49, n. 3, p. 709-739, 2011.

PECI, A.; NERI, M. Políticas públicas de combate à pobreza. Revista de Administração Pública, v. 51, n. 2, 2017.

PINTO, M. S.; OLIVEIRA, J. C. Crescimento pró-pobre: Análise dos estados brasileiros entre 1995 e 2007. Revista de Economia Contemporânea, v. 14, n. 2, p. 327-358, 2010.

PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas Brasileiras. 2014. Disponível em: <http://atlasbrasil.org.br/2013/pt/download/>. Acesso em: jul. 2017.

PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). Poverty in the human development perspective: concept and measurement. In: development. Report, 1997.

REY, S. J.; MONTOURI, B. D. US regional income convergence: a spatial econometric perspective. Regional studies, v. 33, n. 2, p. 143-156, 1999.

ROTHWELL, J.; MASSEY, D. Geographic effects on intergenerational income mobility. Economic Geography, v. 91, n. 1, p. 83-106, 2015.

ROCHA, S. Impacto sobre a pobreza dos novos programas federais de transferência de renda. Revista de Economia Contemporânea, v. 9, n. 1, p. 153-185, 2005.

SANTOS, E. I. dos; CARVALHO, Í. C. S. dos; BARRETO, R. C. S. Pobreza multidimensional no estado da Bahia: uma análise espacial a partir dos censos de 2000 e 2010. Revista de Administração Pública, v. 51, n. 2, p. 240-263. São Paulo, 2017.

SANTOS, M. E. Measuring multidimensional poverty in Latin America: Previous experience and the way forward. OPHI Working Papers, v. 66, 2014.

SEN, A. K. Desenvolvimento Como liberdade. Trad. Laura Teixeira Mota. Rev. tec. Ricardo Doniselli Mendes. 6. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SEN, A. K. Development as Freedom. Oxford: Oxford University Press, 1999.

SEN, A. K. The concept of development. In: CHENERY, H., SRINIVASAN, T. N. (Eds.). Handbook of development economics. Amsterdã. Elsevier Science. 1. 9-26. 1988

SILVA, M. C. P.; BARROS, R. P. Pobreza multidimensional no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 2006, p. 1-20. Anais da Anpec. Salvador, 2006.

STIGLITZ, J. E.; SEN, A.; FITOUSSI, J. P. Report by the commission on the measurement of economic performance and social progress. Paris: Commission on the Measurement of Economic Performance and Social Progress, 2009.

TAQUES, F. H.; OLIVEIRA, J. C. T. Existe uma relação entre nível de renda, desigualdade e pobreza? Um estudo a partir de elasticidades. Economia e Desenvolvimento, Santa Maria – RS, v. 26, n. 2, p. 21-42, 2014.

TSUI, K. Y. Multidimensional poverty indices. Social Choice and Welfare, v. 19, p. 69-93, 2002.

URA, K.; ALKIRE, S.; ZANGMO, T.; WANGDI, K. A short guide to gross national happiness index. The Centre for Bhutan Studies. 1-96, 2012.

Publicado
2018-07-25
Seção
Artigos