PODER, CENTRALIDADE E EMBEDDEDNESS COMO MECANISMOS PARA AUMENTAR A EFICIÊNCIA DE CAPTURA DO CONHECIMENTO DAS SUBSIDIÁRIAS EM SUAS REDES LOCAIS

  • Victor Ragazzi Isaac Centro Universitário SENAC - Campos do Jordão
  • Eduardo Jorge Branco Vieira Barcelos Faculdades Integradas Rio Branco
  • Mario Henrique Ogasavara ESPM- Escola Superior de Propaganda e Marketing

Resumo

A literatura de Negócios Internacionais enfatiza as relações interorganizacionais em redes de negócios, baseadas no embeddedness, como mecanismo para uma empresa multinacional melhorar seu desempenho. Entretanto, uma análise aprofundada da literatura mostra que o embeddedness por si só é insuficiente para que as subsidiárias obtenham vantagem competitiva local. Assim, buscando compreender melhor esta questão, foi realizada uma revisão sistemática da literatura com 45 artigos que abordam três constructos centrais em redes: embeddedness, poder e centralidade. A análise sugere uma lacuna nos estudos sobre poder e centralidade da subsidiária em sua rede externa. Portanto, por meio de um modelo conceitual, mas com aplicação gerencial, este artigo sugere que a subsidiária utilize de forma integrada embeddedness, poder e centralidade de modo a otimizar o acesso aos recursos tangíveis e intangíveis e reduzir os conflitos da rede local necessários para obter vantagem competitiva específica (SSA) e global (FSA).

Publicado
2019-08-16
Seção
Artigos