ENTRE O LIBERALISMO E O REPUBLICANISMO: HABERMAS E A DEMOCRACIA DELIBERATIVA

Juliano Cordeiro da Costa Oliveira

Resumo


O artigo enfatiza o conceito de democracia deliberativa proposto por Jürgen Habermas. Este conserva os momentos positivos do liberalismo e do republicanismo, ao mesmo tempo em que supera aquilo que considera negativo tanto de um como de outro. É a partir da síntese entre liberalismo e republicanismo que Habermas articulará seu conceito de democracia deliberativa, haja vista que ambas as tradições, segundo Habermas, são insuficientes para pensarmos as demandas políticas contemporâneas. Na Teoria do Agir Comunicativo, de 1981, Habermas ainda não havia refletido questões de sua filosofia política, como liberdade, Estado democrático de direito, esfera pública, movimentos sociais, soberania popular, direitos humanos, entre outras. Apenas em Direito e Democracia, obra de 1992, que Habermas formulará a ideia de uma democracia deliberativa, conceito este que servirá de referência para todas as recentes reflexões políticas habermasianas. Primeiramente, explicitaremos a análise de Habermas acerca do liberalismo e do republicanismo, mostrando como ele articula a síntese entre ambas as tradições. Em seguida, destacaremos propriamente o conceito de democracia deliberativa. Finalmente, debateremos a complexa relação entre esfera pública e parlamento, destacando a importância dos movimentos sociais na renovação política. O pensamento pós-metafísico habermasiano tornou possível, como veremos, a articulação do conceito de democracia deliberativa, mediado por uma crítica tanto ao liberalismo como ao republicanismo que, em Habermas, ganha novos aspectos, através da tentativa de síntese entre ambas as tradições. A reflexão política, em Habermas, resulta também de um desafio de superar um suposto “déficit democrático” existente no interior da Teoria Crítica, exceção feita aos trabalhos de Franz Neumann e Otto Kirchheimer. Habermas é capaz disso?

Palavras-chave


Habermas; Liberalismo; Republicanismo; Democracia Deliberativa

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, P. O Fim da História: de Hegel a Fukuyama. Rio de janeiro: Jorge Zahar Editores, 1992.

ARISTÓTELES. A Política. 2.ed. Bauru: EDIPRO, 2009a.

____. Ética a Nicômaco. São Paulo: Editora Atlas, 2009b.

BENHABIB, S. Sobre um modelo deliberativo de legitimidade democrática. In: WERLE, D; MELO, R (orgs). Democracia Deliberativa. São Paulo: Editora Singular. 2007.

BIGNOTTO, N (Org). Matrizes do Republicanismo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

HABERMAS, J. Faktizität und Geltung. Beiträge zur Diskurstheorie des Rechts und des demokratische Rechitstaats. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1992.

_____. Direito e Democracia: Entre Facticidade e Validade (volume I). Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997a.

____. Direito e Democracia: Entre Facticidade e Validade (volume II). Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997b.

____. Prefácio à Nova Edição. In: Mudança Estrutural da Esfera Pública: investigações sobre uma categoria da sociedade burguesa. São Paulo: Unesp, 2014.

FARIAS, F. A Globalização e o Estado Cosmopolita: as antinomias de Jürgen Habermas. São Paulo: Cortez Editora, 2001.

GIDDENS, A. As Consequências da Modernidade. São Paulo: Editora Unesp, 1991.

KANT, I. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. In: Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1974.

LOCKE, J. Segundo Tratado Sobre o Governo. In: Os Pensadores. 2.ed. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

MELO, R. Marx e Habermas: Teoria Crítica e os Sentidos da Emancipação. São Paulo: Editora Saraiva, 2013.

OLIVEIRA, J. Ação comunicativa e democracia: por uma política deliberativa em Jürgen Habermas. Disponível em: http://www.teses.ufc.br/tde_busca/processaPesquisa.php?listaDetalhes%5B%5D=2435&processar=Processar. Acesso em 16 nov. 2014.

REPA, L. Jürgen Habermas e o Modelo Reconstrutivo de Teoria Crítica. In: NOBRE, M. (Org.). Curso Livre de Teoria Crítica. Campinas: Papirus Editora, 2008.

ROUSSEAU, J. Do contrato social. 2.ed. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

____. Emílio ou Da Educação. 3.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

SILVA, F. Democracia Deliberativa. In: NOBRE, M. (Org.). Curso Livre de Teoria Crítica. Campinas: Papirus Editora, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2317-2010

Indexadores:


Portal de Periódicos da UFC

Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - SEER

Sistema Regional de Información en Linea para Revistas Cientificas de America Latina, Caribe, España y Portugal - LATINDEX

CNEN Revista de Livre Acesso - LivRe

Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - CLASE

Elektronische Zeitschriftenbibliothek - EZ3

Information Matrix for the Analysis of Journals - MIAR

European Reference Index for the Humanities and Social Sciences - ERIHPLUS

Academic Resource Index – Research Bible

Sumários de Revistas Brasileiras – Sumários.org

Academic Keys Humanities - Professional and Technical Journals

OAJI.net – Open Academic Journals Index

Beluga

WorldCat OCLC

SIS – Scientific Indexing Services

InfoBase Index

Portal de Periódicos CAPES

Biblat - Bibliografía Latinoamericana

Diadorim