CONSIDERAÇÕES SOBRE A QUESTÃO DA TÉCNICA A PARTIR DO SEMINÁRIO DE LE THOR DE MARTIN HEIDEGGER

Palavras-chave: Heidegger, História, Metafísica, Fenomenologia, Ciência

Resumo

Os quatro seminários de Thor de Heidegger se configuram como um estudo da história da Metafísica em suas transformações mais fundamentais. Neles, o filósofo começa por mostrar a história da Metafísica resumidamente do seu princípio ao seu ocaso. Neste artigo, o foco é precisamente o de problematizar a questão de saber como e porque Heidegger ensina que a partir da concepção – implicitamente enviada ao longo de dois mil e quinhentos anos de pensamento filosófico – do Ser enquanto a entidade do ente, o Ser ele mesmo, o Um, se tornou finalmente a técnica moderna a partir dos desdobramentos históricos do pensamento ocidental, a Metafísica.

Referências

HEIDEGGER, Martin. Conferências e Escritos Filosóficos. Tradução de Ernildo Stein. São Paulo-SP: Abril Cultural, 1996.

_________________. Grundbegriffe der Aristotelischen Philosophie. Gesamtausgabe Band 18. Vittorio Klostermann GmbH: Frankfurt am Main, 2002.

_________________. Introdução à Metafísica. Tradução de Mário Matos e Bernhard Sylla. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.
_________________. Kant e o problema da Metafísica. Tradução: Alexandre Franco de Sa &| Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro-RJ: Editora Via Verita, 2019.

_________________. Sein und Zeit. 17a Aufl. Tübingen. GA Band 2. Max Niemeyer Verlag GnbH e Co. 2006.

_________________. Os Problemas Fundamentais da Fenomenologia. Tradução de Marco Antônio Casanova. Petrópolis-RJ: Editora Vozes, 2012.

_________________. Serenidade. Tradução: Maria Madalena Andrade e Olga Santos. Lisboa: Instituto Piaget, 2000.

______________. Thor Seminaries. Translated by: Andrew Mitchell and François Raffoul. Indiana-USA: Indiana University Press, 2003.
Publicado
2021-08-28
Seção
Dossiê Filosofia da Técnica e Educação (III)