DIÁLOGOS EM PSICOLOGIA: DISCUSSÕES CONTEMPORÂNEAS COMO DIFUSÃO CULTURAL EM DIFERENTES ESPAÇOS

  • Yago Façanha de Sousa Mota Universidade Federal do Ceará
  • Jurema Barros Dantas Universidade Federal do Ceará
  • Glycia Silva de Souza Coelho Universidade Federal do Ceará
  • Aline Amorim Lobo
  • Talita da Silva Queiroz
Palavras-chave: Diálogos. Cultura. Contemporaneidade. Inclusão Social.

Resumo

Este trabalho possui o objetivo de apresentar o projeto de Extensão Diálogos em Psicologia, vinculado ao Laboratório de Estudos em Psicoterapia, Fenomenologia e Sociedade, coordenado pela Profa. Dra. Jurema Barros Dantas do Departamento de Psicologia. O Diálogos em Psicologia é voltado para a discussão das questões do contemporâneo, com problematização e troca de saberes entre os vários olhares das práticas psicológicas por meio, sobretudo, do necessário debate interdisciplinar e multiprofissional acerca dos diversos temas emblemáticos de nossa época. O projeto se inciou em 2015 com palestras realizadas, exclusivamente, no âmbito da UFC e se expandiu a partir de 2016 em parceria com uma escolada rede pública do ensino médio suas ações. Essa extensão do projeto foi intitulada Diálogos Itinerante como uma forma de marcar, declaradamente, a proposta de promoção de espaços de reflexão crítica sobre a interface entre o saber da psicologia e as questões da atualidade que, incluisve, são promovedoras de sofrimento psíquico Atualmente as atividades ocorrem por meio de ciclos de palestras mensais desenvolvidas ao longo do ano na UFC e neste espaço público educacional de Fortaleza. Essas ações são norteadas pelos temas gerais de pesquisa anual do laboratório, de modo a consolidar a vinculação entre ensino, pesquisa e extensão. No ano de 2018 a temática central vem sendo “Relações Amorosas”, compreendendo que o panorama da “Modernidade Líquida” atravessa o fenômeno do amar, assim como a própria configuração dos relacionamentos na atualidade. Ressalta-se a necessidade de fomentar tais práticas como inclusão social e difusão cultural, mantendo laços mais estreitos com a sociedade.


Biografia do Autor

Jurema Barros Dantas, Universidade Federal do Ceará

Professora Adjunta do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará.

Coordenadora do Laboratório de Estudos em Psicoterapia, Fenomenologia e Sociedade da UFC (LAPFES)

Referências

BAUMAN, Z. Amor líquido: Sobre a fragilidade dos laços humanos. Rio de Janeiro: Zahar, 2004. Tradução de: Carlos Alberto Medeiros

EIDELWEIN, K. (2007). Psicologia social e serviço social: uma relação interdisciplinar na direção da produção de conhecimento. Revista Virtual Textos & Contextos, 8, 298-313.

GAMA, C. A. P. & KODA, M. Y. (2008). Psicologia comunitária e Programa de Saúde da Família: relato de uma experiência de estágio. Psicologia Ciência e Profissão, 28(2), 418-429.

LINS, R. N. O livro do amor, volume 1: da Pré-história à Renascença. Rio de Janeiro: Best Seller, 2012.

SILVA, J. V.; CORGOZINHO, J. P. Atuação do psicólogo, SUAS/CRAS e Psicologia Social Comunitária: possíveis articulações. Psicol. Soc., Florianópolis, v. 23, p.12-21, 2011. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-71822011000400003&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 02/09/2018

Publicado
2018-12-27