ACESSIBILIDADE EM BIBLIOTECA ESCOLAR: estudo de caso do Instituto Federal do Rio de Janeiro - Campus Paracambi–RJ

  • Cládice Nóbile Diniz Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Marcele do Nascimento Silva Tamashiro Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)
  • Marcos Pastana Santos Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)
  • Valéria de Almeida Peres Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)
Palavras-chave: Biblioteca escolar, Acesso Informacional, Acessibilidade, Barreiras arquitetônica e urbanística

Resumo

Estuda a acessibilidade da biblioteca escolar do Instituto Federal do Rio de Janeiro Campus Paracambi – RJ, entre janeiro e março de 2017, da ótica da Lei n° 13.146/2015 e da norma técnica brasileira NBR 9050:2015, quanto a aspectos arquitetônicos, urbanísticos e instrumentais. Objetiva investigar as condições de locomoção de usuários com deficiência em prol de seus acessos informacionais. A metodologia, de estudo de caso descritivo, opera com nove indicadores de ocorrência de barreiras desenvolvidos em relação ao entorno da biblioteca investigada, à sua entrada e a seus espaços internos, pisos, corredores, sanitários, balcões, mesas de consulta dos usuários e estantes. Apoia-se em pesquisa documental, bibliográfica e de campo. O tratamento dos dados foi qualitativo. Resultou identificar a existência de barreiras e constatou que a solução do problema é alvo de esforços da administração da instituição, que busca resolvê-lo com equipamentos e obras, como a instalação de elevadores. Conclui que o método utilizado de estudo da acessibilidade por indicadores pode ser uma ferramenta de apoio à decisão útil a gestores de bibliotecas por permitir estabelecer critérios de prioridades em processos de mudanças em prol da acessibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-02
Como Citar
DINIZ, C. N.; TAMASHIRO, M. DO N. S.; SANTOS, M. P.; PERES, V. DE A. ACESSIBILIDADE EM BIBLIOTECA ESCOLAR: estudo de caso do Instituto Federal do Rio de Janeiro - Campus Paracambi–RJ. Informação em Pauta, v. 2, n. Especial, p. 136-159, 2 nov. 2017.