Bases de dados para pesquisa em Engenharia de Produção: uma análise a partir do Portal de Periódicos da Capes

Weslayne Nunes de Sales, Ana Cristina Azevedo Ursulino Melo, Maxweel Veras Rodrigues, Sueli Maria de Araújo Cavalcante

Resumo


Discernir entre diferentes tipos de fontes de informação e ter conhecimento prévio sobre as características e diferenciais que cada uma delas oferece é um importante passo para a pesquisa científica. A pesquisa foi norteada pelo objetivo de conhecer as fontes de informações sobre a Engenharia de Produção contidas no Portal de Periódicos da Capes. Utilizou-se, no estudo, uma pesquisa exploratória, em forma de estudo de caso, analisando-se o caso das bases de dados da subárea da Engenharia de Produção disponíveis no Portal de Periódicos da Capes. Conclui-se que o Portal oferece uma cobertura abrangente e diversificada para a subárea de Engenharia de Produção. A maior parte das bases recuperadas, no entanto, traz material em língua inglesa, e este fato pode representar um desafio aos pesquisadores que não possuem familiaridade com a língua. A referida pesquisa norteou pesquisadores a obter noções sobre os conceitos de fontes de informação primária, secundária e terciária; conhecer as estratégias de buscas no Portal da Capes; entender as diferenças entre tipos de bases de dados; perceber a importância do domínio da língua inglesa nas pesquisas científicas, além de listar as bases encontradas para a subárea em questão tais como Emerald Insight (Emerald) e Oxford Journals (Oxford University Press).


Texto completo:

PDF/A HTML

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR6023:informação e documentação: referências: elaboração. Rio deJaneiro, 2002.

BRUCE, A. et al. Interdisciplinary integration in Europe: the case of the fifth framework programme. Futures, v. 36, p. 457 470, 2004.

CAMPELLO, B. V. C; JEANNETTE, M. K. Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: UFMG, 2000.

CENDÓN, B. V.; SOUZA, J. L. de A.; RIBEIRO, N. A. Satisfação dos usuários do Portal de Periódicos da Capes: um estudo sobre a obtenção de sucesso no uso do sistema. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.16, n.2, p.67-100, abr./jun. 2011. Disponível em: Acesso em 30 maio 2017.

CUNHA, A. Á. L. Uso de bibliotecas digitais de periódicos: um estudo comparativo no Portal de Periódicos CAPES entre as áreas do conhecimento. 2009. 207 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da informação) – Escola de Ciência da informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

CUNHA, M. B. da. Bases de dados no Brasil: um potencial inexplorado. Ciência da Informação, Brasília, v. 18, n.1, p. 45-57, jan/jun. 1989.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões.São Paulo: Senac, 2003. 426p.

CORREA, C. et al.Portal de Periódicos da CAPES: um misto de solução financeira e inovação. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, v. 7, n. 1, pp. 127-145, jan./jun., 2008.

FIALHO, J. F. Ações, pensamentos, sentimentos e estratégias no processo de pesquisa acadêmica. Em Questão, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 165-178, jul./dez. 2010. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, São Paulo: v.35, n.2, p. 57-63, abr. 1995.

HEINEMANN, M. K. Como não escrever um artigo médico: um guia prático. Rio de Janeiro: Thieme, 2016.

KOBASHI, N. Y.; SANTOS, R. N. M. dos. Arqueologia do trabalho imaterial: uma aplicação bibliométrica à análise de dissertações e teses. Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. espe. 1º sem. 2008, p. 106-114. Disponível em: Acesso em: 30 jul. 2017

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Metodologia científica. 6.ed. rev. e ampl. São Paulo, SP: Atlas, 2011.

LAROZINSKI NETO, A.; LEITE, M. S. A aborgadem sistêmica na pesquisa em Engenharia de Produção. Produção [S.l.], v. 20, n.1, jan./mar. 2010, p. 1-14.

LOPEZ ISAZA, G. A.; CORREA VALLEJO, M. J. Fuentes de información e inteligência organizacional em investigación: el caso de la Universidade Tecnológica de Pereira, Cuadernos de Administración, Bogotá, v. 24, n. 42, p. 231-252, enero/jul., 2011. Disponível em: . Acesso em 01 out. 2016.

MARTINS, C.B. O ensino médio superior brasileiro nos anos 90. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 1, jan./mar. 2000. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2016.

MARTINS, G. A. Estudo de caso: uma reflexão sobre a aplicabilidade em pesquisas no Brasil. Revista de Contabilidade e Organizações,São Paulo, v. 2, n. 2, p. 9-18, jan./abr., 2008.

MORIN, E. O método: a natureza da natureza. Portugal: Europa-América, 1981.

MOURA, D.B.; BARBOSA, E.F.; MOREIRA, A. F. O aluno pesquisador. In: Encontro nacional de didática e prática de ensino, 15., 2010, Belo Horizonte. Anais eletrônicos... Belo Horizonte, 2010. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2016.

MUELLER, S. P. M. A ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura científica. In: CAMPELLO, B. S. CENDÓN, B. V.; KREMER, J. M. (Org.) Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000, p. 21-34.

NEVES, B. C. Políticas de informação, as tecnologias de informação e comunicação e a participação no âmbito da sociedade da informação: enfoque na inclusão digital do global ao local. Transinformação, Campinas, n. 22, p. 47-60, [jan.] 2010.

PACKER, A. L. A ecolsão dos periódicos do Brasil e cenários para o seu porvir. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 2, abr./jun. 2014. Disponível em: Acesso em: 21 jun. 2017

PASSOS, E. P. M. Fontes de informação para pesquisa em direito. Brasília, DF: Brinquet de Lemos, 2009.

PATTON, M. G. Qualitative Research and Evaluation Methods. 3th. ed. Thousand Oaks, CA: Sage, 2002.

PIZZANI, L. et al. A arte da pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 10, n. 1, p. 53-66, 2012. Disponível em: Acesso em: 29 maio 2017.

POBLACIÓN, D. A. Literatura cinzenta ou não convencional: um desafio a ser enfrentado. Ciência da informação, Brasília, v. 21, n. 3, p. 243-246, set./dez. 1992.

POBLACIÓN, D. A.; WITTER, G. P. ;SILVA, J. F. M. da (Org.). Comunicação e produção científica: contexto, indicadores e avaliação. São Paulo: Angellara, 2006. 426 p.

PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES. Plano diretor de tecnologia da informação da Capes: PDTI- 2013-2014. Brasília, 2014. Disponível em: . Acesso em 23 abr. 2017.

PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES. Histórico. Disponível . Acesso em: 16 set. 2016.

RAMPAZZO, L. Metodologia científica para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. São Paulo: Loyola, 2002.

RISTOFF, D.; GIOLO, J. O Sinaes como sistema. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, DF, v. 3, n. 6, p. 193-213, dez. 2006. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2016.

SANTOS, F. C. A. Potencialidades de mudanças na graduação em engenharia de produção geradas pelas diretrizes curriculares. Produção, [S.l.], v. 13, n. 1, p. 26-39, 2003.

SAYÃO, F. Bases de dados: a metáfora da memória científica. Ciência da Informação, Brasília, v.25, n.23, p. 314-318, set./dez., 1996.

SALOMON, D. V. Como fazer uma monografia. 10.ed. São Paulo: M. Fontes, 2001.

STRUCHINER, C. J. Avaliação da qualidade da produção científica e suas consequências imprevistas e indesejadas: um conceito autoevidente? Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 29, n. 9, não paginado, jan./set. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.32810/2525-3468.ip.v3i1.2018.30895

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Informação em Pauta

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista filiada a:

 

Indexadores e diretórios: