Semantometria

métrica semântica para calcular o valor de uma publicação por meio de seu texto completo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36517/2525-3468.ip.v8i0.2023.83267.1-16

Palavras-chave:

Semantometria, Métricas alternativas, Publicações científicas - Qualidade, Publicações científicas - Texto completo

Resumo

Introdução: A aplicação e o uso das métricas alternativas podem ser considerados como estratégias a serem adotadas para complementar os métodos convencionais de avaliação da produção científica que consideram apenas a contagem de citações. Distinta de outras métricas que se baseiam em medir o número de interações na rede de comunicação científica ou na web social, a semantometria, objeto de estudo deste artigo, parte do pressuposto de que é necessário o texto completo para avaliar o valor de uma publicação. Diante dessa abordagem, este estudo tem como objetivo discorrer sobre essa classe de métrica, expondo sua origem em Herrmannova e Knoth (2014), sua metodologia de análise e sua fórmula de aplicação, por meio de investigação bibliográfica. Método: trata-se de uma pesquisa exploratória, em que, no levantamento bibliográfico preliminar, foi conduzida adotando sete dos dez passos iniciais de busca de representação Query, propostos por Cendón (2018). Foi empregada a revisão narrativa de literatura com análise dos documentos recuperados no todo. Resultados: considerou-se relevante a pesquisa sobre o tema, visto que há uma grande preocupação com a demonstração da qualidade de resultados de pesquisa à sociedade e constatou-se que há poucas publicações sobre o tema, materializada pelos resultados em buscas nas bases de dados: Dimensions, Gale, Scopus e Web of Science.  Conclusão: embora a semantometria disponha de vantagens de sua aplicação, considera-se como necessária a continuidade de estudos nesse campo para entender melhor quais facetas da qualidade da pesquisa podem ser capturadas e como podem ser melhor aplicadas. Observou-se ainda a sua associação com a mineração, análise de dados textuais e relação com técnicas e ferramentas de similaridades textuais, bem como com pesquisas envolvendo a altmetria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nivaldo Calixto Ribeiro, Universidade Federal de Lavras (UFLA) / Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Brasil

Doutor em Gestão e Organização do Conhecimento pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Administração. Graduação em Biblioteconomia e Especialista em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário de Formiga (2006). Estuda Comunicação científica aberta / Ciência Aberta. Atualmente é bibliotecário-documentalista na Universidade Federal de Lavras.

Dalgiza Andrade Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Brasil

Professora Associada da Escola de Ciência da Informação (ECI)/Programa de Pós-Graduação em Gestão da Organização e do Conhecimento (PPGGOC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutora em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da UFMG (2011). Mestre em Ciência da Informação (PPGCI/UFMG-2005).

Jonas Aron Cardoso Diniz, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Brasil

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Gestão & Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (PPG-GOC/UFMG). Graduando do curso de Biblioteconomia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

BARROS, M. Altmetrics: métricas alternativas de impacto científico com base em redes sociais. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 20, n. 2, p. 19-37, jun. 2015. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1782. Acesso em: 30 jun. 2022.

BRIERLEY, L. et al. Tracking changes between preprint posting and journal publication during a pandemic. PLoS Biology, San Francisco, v. 20, n. 2, e3001285, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.1371/journal.pbio.3001285. Acesso em: 30 jun. 2022.

BURLAND, T.; GROUT, C. Standards and Interoperability: how Jisc's Work Supports Reporting, Communicating and Measuring Research in the UK. Procedia Computer Science, Amsterdam, v. 106, p. 276-282, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.procs.2017. 03.026. Acesso em: 2 jul. 2022.

CENDON, B. V. Exercícios: passos na busca. Disciplina Metodologia da Pesquisa. Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2018.

ERDT, M. et al. Altmetrics: an analysis of the state-of-the-art in measuring research impact on social media. Scientometrics, Amsterdam, v. 109, p. 1117-1166, 10 aug. 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s11192-016-2077-0. Acesso em: 30 jun. 2022.

FERREIRA, S. A. Produção Científica sobre Biblioteca Pública nos Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação no Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

GARCIA, L. S. Interação humano-computador: espaços cognitivos no uso de sistemas computacionais. Curitiba: UFPR, 2016. Disponível em: https://www.inf.ufpr.br/laura/IHC-2016-2/Material%20anterior/IHC-Engenharia-Cognitiva-26-09-16.pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

HERRMANNOVA, D. [Curriculum vitae]. Bethel Valley Road, 10 set. 2021. Disponível em: https://dasha.tech/documents/dasha_herrmannova_cv.pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

HERRMANNOVA, D. Mining scholarly publications for research evaluation. 2018. 428p. Thesis (PhD) - The Open University. Disponível em: http://oro.open.ac.uk/55421/7/dissertation_final.pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

HERRMANNOVA, D.; KNOTH, P. An analysis of the microsoft academic graph. D-Lib Magazine, Restom, v. 22, n. 9/10, 2016. Disponível em: https://www.dlib.org/dlib/september16/herrmannova/09herrmannova.html. Acesso em: 30 jun. 2022.

HERRMANNOVA, D.; KNOTH, P. Semantometrics in coauthorship networks: Fulltext-based approach for analysing patterns of research collaboration. D-Lib Magazine, Restom, v. 21, n. 11-12, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1045/november2015-herrmannova. Acesso em: 30 jun. 2022.

HERRMANNOVA, D.; KNOTH, P. Towards semantometrics: a new semantic similarity based measure for assessing a research publication's contribution. D-Lib Magazine, Restom, v. 20, n. 11/12, 2014. Disponível em: http://www.dlib.org/dlib/november14/knoth/11knoth.html. Acesso em: 30 jun. 2022.

HILL, S. A. Making the future of scholarly communications. Learned Publishing, Hatfield, v. 29, n. 1, p. 366-370, oct. 2016. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/leap.1052. Acesso em: 30 jun. 2022.

JURAFSKY, D.; MARTIN, J. H. Speech and language processing: an introduction tonatural language processing, computational linguistics, and speech recognition. 3. New Jersey: Prentice Hall. 2019.

KNOTH, P.; HERRMANNOVA, D. Semantometrics: fulltext-based measures for analyzing research collaboration. In: INTERNATIONAL CONFERENCE OF THE INTERNATIONAL SOCIETY FOR SCIENTOMETRICS AND INFORMETRICS,15, 2015, Istanbul, TURKEY. Anais… Istanbul: ISSIS, 2015. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.698.159&rep=rep1&type=pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

KREUTZ, C. K.; SAHITAJ, P.; SCHENKEL, R. Revaluating Semantometrics from Computer Science Publications. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON RESEARCH AND DEVELOPMENT IN INFORMATION RETRIEVAL (SIGIR) 42., 2019, Paris, France. Anais… Paris: SIGIR, 2019. p. 42-55. Disponível em: http://ceur-ws.org/Vol-2414/paper5.pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

PARINOV, S. Citation contexts as a data source for evaluation of scholarly consumption. Scientometrics, Amsterdam, v. 126, n. 1, p. 9249-9265, sep. 2021. https://doi.org/10.1007/s11192-021-04165-w. Acesso em: 30 jun. 2022.

PARINOV, S.; BAKAROV, A.; VODOLAZSKY, D. Layout logical labelling and finding the semantic relationships between citing and cited paper content. International Journal of Metadata Semantics and Ontologies, London, v. 14, n. 1, p. 54-62, jun. 2020. Disponível em: https://www.inderscienceonline.com/doi/abs/10.1504/IJMSO.2020.107796. Acesso em: 30 jun. 2022.

PONTIKA, N. et al. Fostering open science to research using taxonomy and an elearning portal. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON KNOWLEDGE TECHNOLOGIES AND DATA-DRIVEN BUSINESS, 15., 2015. Proceedings... Graz, Áustria: Association for Computing Machinery, 2015. Disponível em: http://oro.open.ac.uk/44719/. Acesso em: 30 jun. 2022.

RAUPP, F. M.; BEUREN, I. M. Metodologia da Pesquisa Aplicável às Ciências Sociais. In: BEUREN, I. M. (Org.). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2013, p. 76-97.

RODRIGUES, M. P. L. Citações nas dissertações de mestrado em Ciência da Informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 11, n. 1, p. 35-61, 1982. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/177. Acesso em: 08 out. 2022.

ROEMER, R. C.; BORCHARDT, R. Altmetrics. Library Technology Reports, Chicago, v. 51, n. 5, jul. 2015. Disponível em: link.gale.com/apps/doc/A433686573/AONE?u=capes&sid=bookmark-AONE&xid=97f13838. Acesso em: 30 jun. 2022.

SANTOS, R. N. M. D.; KOBASHI, N. Y. Bibliometria, cientometria, infometria: conceitos e aplicações. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v. 2, n. 1, 2009. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10089. Acesso em: 08 out. 2022.

SEMANTOMETRICS. Contribution measure. Milton Keynes: Knowledge Media Institute, The Open University, 2017. http://semantometrics.org/contact.html. Acesso em: 30 jun. 2022.

SILVA, D. F. Estudo de funções de similaridade semântica de termos aplicadas a um domínio. 2008. 45p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Ciência da Computação do Centro de Informática, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.

SILVEIRA, L. et al. Ciência aberta na perspectiva de especialistas brasileiros: proposta de taxonomia. Encontros Bibli: Revista eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 1-27, 2021. DOI 10.5007/1518-2924.2021.e79646. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/79646. Acesso em: 30 jun. 2022.

SOUZA, I. V. P. Altmetria ou métricas alternativas: conceitos e principais características. AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento, Curitiba, v. 4, n. 2, p. 58-60, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v4i2.44554. Acesso em: 30 jun. 2022.

VANTI, N. Os links e os estudos webométricos. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 1, 2005. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1104. Acesso em: 08 out. 2022.

VANTI, N.; SANZ-CASADO, E. Altmetria: a métrica social a serviço de uma ciência mais democrática. Transinformação, Campinas, v. 28, n. 3, p. 349-358, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tinf/a/KsKpZZrfp3nZWF3pLZVy7cP/abstract/?lang=pt. Acesso em: 08 out. 2022.

ZHANG, Z.; TAM, W.; COX, A.; Towards automated analysis of research methods in library and information science. Quantitative Science Studies, Cambridge, v. 2, n. 2,p. 698-732, Jul. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1162/qss_a_00123. Acesso em: 30 jul. 2022.

Publicado

2023-10-12

Como Citar

RIBEIRO, Nivaldo Calixto; OLIVEIRA, Dalgiza Andrade; DINIZ, Jonas Aron Cardoso. Semantometria: métrica semântica para calcular o valor de uma publicação por meio de seu texto completo. Informação em Pauta, [S. l.], v. 8, p. 1–16, 2023. DOI: 10.36517/2525-3468.ip.v8i0.2023.83267.1-16. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/83267. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos