A RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS PARTIDOS POLÍTICOS PARA A SUSTENTABILIDADE DO REGIME DEMOCRÁTICO

Alice Rocha, Hugo Neto França Miranzi

Resumo


No presente artigo será abordada a realidade dos partidos políticos brasileiros, que participam de uma lógica de mercado para a obtenção de recursos para custeio de despesas ordinárias e financiamento de campanhas. Apesar desse modelo competitivo, os partidos políticos continuam realizando políticas defasadas, autoritárias e desligadas da sociedade, razão pela qual são sempre as mesmas figuras que se encontram no Poder. Sendo assim, é imprescindível que as agremiações adotem novas políticas, baseadas na sustentabilidade da democracia, considerando todos os stakeholders na tomada de decisões, para que sobrevivam nessa disputa. Além disso, serão tratadas as formas de fiscalização dos partidos políticos e seus filiados, a fim de que não sejam anunciadas políticas com tais características e, na prática, não sejam aplicadas.


Palavras-chave


responsabilidade social, partidos políticos, democracia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Alice Rocha, Hugo Neto França Miranzi

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN 1807-3840

Rua Meton de Alencar, s/n - Centro
Fortaleza, Ceará, CEP 60.035-160
Telefone: +55 (85) 3366 7850

Bases de dados

Periódicos

Resultado de imagem para library of congress logo  http://www.cnen.gov.br/images/logo_livre2.png   Find in a library with WorldCat