Homens e cuidado infantil: estudo de casos em Salvador, Bahia

Resumo

Abordou-se a participação masculina no cuidado infantil, entre homens de diversos setores socioeconômicos em Salvador (Bahia) Brasil, com base na discussão sobre o conceito de Cuidado sob o enfoque de gênero. Os dados coletados por meio de entrevistas narrativas foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática. Os resultados, com algumas nuances, indicam que a participação masculina no cotidiano do cuidado infantil − incluindo o contato com serviços de saúde − se dá como “ajuda” e predominantemente em momentos em que inexistem outras pessoas para cuidar, o que evidencia a reprodução de papéis de gênero convencionais e permanência da divisão sexual do trabalho. Em paralelo, os participantes têm um vínculo afetivo com a criança e participam no cuidado infantil como processo de construção social da pessoa. Ressalta-se as semelhanças entre os participantes, apesar das diferenças socioeconômicas.

Biografia do Autor

Vania Bustamante, Instituto de Psicologia, UFBA

Professora do Instituto de Psicologia da UFBA

Publicado
2020-07-01
Como Citar
Bustamante, V., & Salvador Santos Gama, E. (2020). Homens e cuidado infantil: estudo de casos em Salvador, Bahia. Revista De Psicologia, 11(2), 90 - 99. https://doi.org/10.36517/10.36517/revpsiufc.11.2.2020.9