O Pai: Um estudo sobre a barbárie contemporânea

Resumo

A proposta desse ensaio é  refletir e pensar a barbárie no interior do atual estágio da civilização, tendo como pano de fundo a crise contemporânea de refugiados. Escolhemos como norte da pesquisa os desdobramentos da questão do Pai na teoria psicanalítica e a produção teórica de alguns pensadores de outros campos do conhecimento, com as quais é possível estabelecer diálogos interdisciplinares acerca da violência, crueldade e destruição dos laços sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Pacheco, Universidade Veiga de Almeida

Psicóloga, psicanalista, Doutora em Psicanálise, Saúde e Sociedade pela Universidade Veiga de Almeida, bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Betty Bernardo Fuks, Programa de pós graduação da Universidade Veiga de Almeida/RJ e Bolsista do Cnpq

Psicanalista. Dra. em Comunicação e Cultura (UFRJ). Pesquisadora do CNPQ. Professora do Mestrado e Doutorado em Psicanálise, Saúde e Sociedade (Universidade Veiga de Almeida). Pesquisadora do Laboratório de Psicopatologia Fundamental. Organizadora de livros de psicanálise nacionais e internacionais. Autora de Freud e a judeidade: vocação do exílio (Zahar); Freud e a cultura (Zahar); O homem Moisés e o monoteísmo: o desvelar do assassinato (Civilização brasileira).

Publicado
2020-07-01
Como Citar
Pacheco, C., & Fuks, B. B. (2020). O Pai: Um estudo sobre a barbárie contemporânea. Revista De Psicologia, 11(2), 16 - 26. https://doi.org/10.36517/10.36517/revpsiufc.11.2.2020.2