Uma revisão teórica sobre o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e estratégias educacionais de atendimento ao aluno com TDAH

  • Patrícia Villa da Costa Ferreira Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília
Palavras-chave: TDAH, educação, treinamento de professores

Resumo

Este artigo visa realizar uma revisão das diferentes abordagens sobre o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e apresentar os programas de apoio disponibilizados nos Estados Unidos e no Brasil aos indivíduos com estas caracteríticas, como também, apresentar algumas estratégias educacionais de atendimento a este grupo de alunos. A educação deve procurar alterntivas na busca da inserção social e escolar de número crescente de alunos, procurando contornar situações sociais, culturais e econômicas adversas aos padrões de ensino propostos pelo sistema educacional tradicional. No contexto atual são recorrentes situações de alunos com dificuldade de aprendizagem e baixo rendimento acadêmico. Inseridos neste grupo, estão os alunos que apresentam características do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH, que vivenciam em seu cotidiano condições desfavoráveis a seus processos de desenvolvimento e aprendizagem, resultando frequentemente em conflitos de ordem socioafetiva e cognitiva que podem conduzir ao fracasso escolar. Esses alunos exibem características como alto grau de energia, curiosidade e pensamento divergente, também presentes no indivíduo criativo, o que ocasiona forma singular e própria de lidar com o conhecimento e de aprender.
Publicado
2011-07-01
Como Citar
Ferreira, P. V. da C. (2011). Uma revisão teórica sobre o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e estratégias educacionais de atendimento ao aluno com TDAH. Revista De Psicologia, 2(2), 57-75. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/91
Seção
Artigos