Efeito dos anti-hipertensivos orais sobre dosagens bioquímicas em idosos

Maria Elizana Martins de Meneses Carvalho, Eucário Leite Monteiro Alves, Maria do Carmo de Carvalho e Martins

Abstract


Objetivo: comparar os níveis séricos de ácido úrico, glicose, potássio e sódio em idosos usuários e não usuários de anti-hipertensivo oral. Métodos: estudo observacional analítico do tipo caso-controle, incluindo 232 idosos com média de idade 68,9 ± 7,4 anos, sendo 116 usuários e 116 não usuários de anti-hipertensivo oral, de ambos os sexos, não diabéticos e nem portadores de doença renal. Após coleta do sangue venoso, foram dosados glicose e ácido úrico, por método colorimétrico; e sódio e potássio pelo método de eletrodo íon seletivo.Resultados: houve associação entre o uso de anti-hipertensivo e elevações nos níveis séricos de ácido úrico (p=0,040). E, entre as classes, os diuréticos demonstraram, neste estudo, que estão relacionados a alterações nos níveis de ácido úrico (p=0,02), quando comparadas às demais classes. Conclusão: o uso de anti-hipertensivo, em especial os diuréticos, mostrou-se associado com aumento nos níveis séricos de ácido úrico em hipertensos usuários de anti-hipertensivo oral.

Keywords


Idoso; Anti-Hipertensivos; Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v17i6.18849

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SciELO - Scientific Electronic Library OnlineResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem