A arte da dança de rua no Hip-Hop Freestyle como expressão política de resistência

  • Robson Carlos Loureiro
  • Luciana de Lima
  • Eric Costa Ribeiro
  • Jessica de Oliveira Santoso

Resumo

O objetivo deste trabalho é refletir sobre a conexão do estilo de dança do Hip-Hop freestyle, sua potência política e artística, legitimando sua importância como uma dança de resistência. Daí que a produção e a reflexão sobre as danças urbanas podem se caracterizar como um caminho de consolidação de consciências políticas em oposição a forças de governamentalidades que procuram fixar um tipo de biopoder alienador e docilizador. Este artigo se inspira em relatos, observações e entrevistas de foco etnográfico, com base no Estudo de Caso hibridizado com a Cartografia Social. Como resultado desse trabalho, evidenciou-se a necessidade de se aprofundar sobre a apropriação dos praticantes do estilo para construir conhecimentos sobre as raízes e potências inerentes a esta dança, e proporcionar espaços de discussão sobre o tema no meio universitário, com a finalidade de contribuir para o resgate da dança como resistência a políticas de controle e disciplinamento.

Publicado
2019-02-02