Chocolat e Minha Terra África: reflexões sobre identidade e pertencimento em contexto pós-colonial

  • Catarina Andrade

Resumo

Este artigo se interessa por uma reflexão sobre identidade e pertenci- mento em contexto pós-colonial a partir dos filmes da cineasta francesa Claire Denis: Chocolat (1988) e Minha terra África (2009). As duas obras nos parecem centrais para ampliar discussão de identidade e pertenci- mento no mundo pós-colonial, pois ambas dizem respeito a um “corpo estrangeiro” que busca seu lugar, suas protagonistas se interrogam so- bre ser Outro; enquanto a noção de fronteira – seja geográfica ou não – se faz pano de fundo das suas histórias. Para tanto, tomamos esses filmes dentro da perspectiva do cinema intercultural (MARKS, 2000) a fim de compreender como se estabelecem as relações de identidade e pertencimento em um contexto pós-colonial, a partir das histórias indivi- duais dos personagens articuladas a histórias e memória culturais.

Publicado
2019-06-10