Da dominação total à dominação global: perspectivas arendtianas sobre a mundialização de um ponto de vista cosmopolítico

  • Etienne Tassin

Resumo

A Filosofia de Hannah Arendt foi construída a partir da experiência da dominação total, supostamente política, desenvolvida no século XX, sob o nome de totalitarismo. Este artigo tem como objetivo mostrar que essa mesma filosofia nos permite compreender hoje o que está em jogo na dominação global, de natureza econômica, que podemos designar como globalitarismo. Apoia-se na analítica da vita activa desenvolvida n’A condição humana, a fim de identificar os desafios de um novo pensamento cosmopolítico da mundialização. Trata-se de um triplo cuidado do mundo: ambiental, patrimonial e metanacional; e uma tripla injunção política: ecológica, ecumênica e cosmopolítica, capazes de combater os efeitos do acosmismo induzidos pela globalização.

 

Palavras-chave: Dominação total; Dominação global; Acosmismo; Vita a ctiva; Hannah Arendt.

Publicado
2013-01-01
Edição
Seção
Dossiê Hannah Arendt