Educação e ação na filosofia política de Eric Weil

  • Aparecido de Assis

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir, num primeiro momento, a compreensão da ação como ação política, que visa, acima de tudo, a transformação do homem objeto em sujeito. No segundo momento, leva-se em conta a relação entre educação e ação, que tem como prioridade a humanidade do homem contra a violência que o desumaniza. O que se pretende é analisar o pensamento weiliano no que tange à educação no seu aspecto moral e político, e perceber que, no fundo de sua reflexão, há uma preocupação com a formação do homem moderno. E mais do que nunca, a educação, numa perspectiva moral, deve ser o eixo fundamental nessa luta contra a coisificação do homem, a fim de que ele deixe de ser objeto e se torne sujeito de ação e de transformação de si mesmo e da sociedade em que ele vive.

Palavras-chave: Educação; Ação; Política; Transformação.

Biografia do Autor

Aparecido de Assis
Doutor em Filosofia pela PUC-SP. Professor de Filosofia na Universidade do Estado de Mato Grosso
(UNEMAT)– Campus Cáceres – MT.
Publicado
2014-08-13
Edição
Seção
Dossiê Eric Weil