Enlightenment in Kant. Some critical considerations in light of the reading of Adorno and Horkheimer's Dialectic of Enlightenment

  • Paulo César Nodari Doutor em Filosofia. Professor do PPGFIL-UCS (Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade de Caxias do Sul)

Abstract

O objetivo deste artigo é articular algumas teses centrais sobre o conceito esclarecimento (Aufklärung), especialmente, no opúsculo kantiano, intitulado: A reposta à pergunta: o que é o esclarecimento? (Die Beantwortung der Frage: was ist Aufklärung?), uma vez concentrar e cristalizar, de modo admirável, o novo modo de pensar os problemas da época, cotejando-o com outros texto skantianos importantes para sua respectiva análise e compreensão, especialmente, com o texto, Ideia de uma história universal de um ponto de vista cosmopolita (Idee zu Einer Allgemeinen Geschichte in Weltbürgerlicher Absicht). O presente trabalho está dividido em três momentos: a) faz-se alusão às teses centrais que embasam o pensamento do Século das Luzes; b) aprofunda-se o conceito de esclarecimento, em Kant, mostrando que a saída da menoridade à maioridade não é um processo natural, mas, antes, uma atitude decidida do sujeito de assumir a orientação e condução de sua própria vida, tendo a coragem de servir-se do próprio entendimento; c) trata-se de tecer algumas críticas à luz, da análise de Adorno e Horkheimer, sobretudo, a partir do texto, Dialética do esclarecimento(Dialektik der Aufklärung).

Published
2011-07-01
Issue
Section
Artigos