Implicações de viver o sentido: por uma aproximação de Victor Frankl com Ortega y Gasset

José Mauricio de Carvalho

Resumo


Neste trabalho examina-se o significado que a questão do sentido adquiriu na fenomenologia da liberdade. A vida do homem passa a ser considerada como um que fazer, como um escolher em situação. Olha-se o problema como direção pois o homem caminha sempre a frente de si próprio e como compreensão, quando a direção é pensada conforme seu objeto. Toma-se o filósofo espanhol Ortega y Gasset como um dos intérpretes do assunto e aponta-se as implicações que o assunto teve na psicologia fenomenológica, mais especificamente a partir das considerações de Victor Frankl.

Palavras-chave: Sentido; Liberdade; Direção; Fenomenologia; Psicologia existencial. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ARGUMENTOS - Revista de Filosofia

© 2015 Programa de Pós-Graduação em Filosofia-UFC/ICA
ISSN (online):1984-4255 | ISSN (Impresso):1984-4247