A bula Unam Sanctam de Bonifácio VIII no contexto da disputa pelo poder político no final da idade média

  • Felipe Gustavo Soares da Silva
  • Marcos Roberto Nunes Costa

Resumo

O presente trabalho apresenta o contexto histórico-filosófico da escrita da Bula papal Unam Sanctam, pelo papa Bonifácio VIII, diante do conflito político entre este e o rei da França, Filipe IV, o Belo. Para isto, tratamos de demonstrar o cenário histórico-filosófico da discussão que levou a escrita da referida Bula, bem como analisarmos o conteúdo da Carta a fim de verificar se a conclusão da Bula se trata de uma decisão política ou uma orientação espiritual.

Palavras-chave: Bula Unam Sanctam. Política na Idade Média. Igreja Católica.

Biografia do Autor

Felipe Gustavo Soares da Silva

Professor adjunto da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (FACHO). Doutorando em Filosofia (UFPE-UFPB-UFRN).

Marcos Roberto Nunes Costa

Doutor em Filosofia pela PUCRS e Pós-doutor em Filosofia pela Universidade do Porto. Professor da Graduação e Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Filosofia da UFPE.

Referências

AQUINO, F. Quais os documentos usados pelo papa? Disponível em: https://blog. cancaonova.com/felipeaquino/2007/08/09/quais-os-documentos-usados-pelo- -papa/ Acesso em: 10/dez./2017.

ARQUILLIÈRE, Henri-Xavier. L’augustinisme politique: essai sur la formation des théories politiques du Moyen-Age. Paris: Vrin, 1955, 201 p.

BERTELLONI, Francisco. Orígenes medievales de las teorías políticas legitimistas y decisionistas. Revista Veritas. Porto Alegre, v. 39, n. 155, p. 347-348, 1994.

BOER, Nicolas. “A Bula Unam Sanctam” de Bonifácio VIII sobre as relações entre a Igreja e o Estado. In: SOUZA, José Antonio de Camargo Rodrigues de (Org.). Pensamento medieval In: SEMANA DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, 10. São Paulo: Loyola, 1983, p. 125-143.

CATHOLIC PLANET. Unam Sanctam - Latin text with notes. Disponível em <http://www.catholicplanet.com/TSM/Unam-Sanctam-Latin.htm>Acesso em: 13/dez./2017.

COSTA, Marcos R. N.; PATRIOTA, Raimundo A. M. Origens medievais do Estado moderno: contribuições da filosofia política medieval para construção do conceito de soberania popular na modernidade. Recife: PRINTER/INSAF, 2004. 73 p.

DOCUMENTOS DO CONCÍLIO VATICANO I (II) Concílio Vaticano I, procla- mado por Pio IX (1846 a 1878). Sessão IV (18/07/1870) Constituição Dogmática Pastor Aeternus sobre a Igreja de Cristo, prescrevendo os dogmas do pri- mado e da infalibilidade papal. In: SENDARIUM. Disponível em: http://www. sendarium.com/2015/09/documentos-do-concilio-vaticano-i-ii.html. Acesso em 11/01/18.

KRIES, Douglas. Augustinismo político. In: FITZGERALD, Allan D. (Dir). Diccionario de San Augustín. Tradução de Constantino Ruiz-Garrido. Bugos: Editorial Monte Carmelo, 2001. p. 22-24.

KRITSCH, Raquel. Rumo ao Estado moderno: as raízes medievais de alguns de seus elementos formadores. Revista Sociologia e Política. Curitiba, v. 23, p. 103-114, 2004.

PAULO VI. Constituição dogmática Lumen Gentium, sobre a Igreja. N.15-16. In: DOCUMENTOS DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II. (1962-1965) Tradução tipografia poliglota vaticana. São Paulo: Paulus, 1997. p. 122-124.

RYKE, Benoît Beyer de. A contribuição augustiniana: Agostinho e o augustinismo político. In: RENAUT, Allain (Dir). História da filosofia política (2): nascimentos da modernidade. Tradução de Filipe Duarte. Lisboa: Instituto Piaget, 2001, p. 37-72.

SOUZA, José Antônio de C. R.; BARBOSA, João Morais. O reino de Deus e o reino dos homens: as relações entre os poderes espiritual e temporal na Baixa Idade Média (da Reforma Gregoriana a João Quidort). Porto Alegre: Edipucrs, 1997. 204 p.

STREFLING, Sergio Ricardo. A disputa entre o papa Bonifácio VII e o rei Filipe IV no final do século XIII. Rev. Teocomunicação. Porto Alegre, v. 37, n. 157, p. 409-419, 2007.

TORRES, Moisés Romanazzi. A hierocracia em tempos de radicalidade: Bonifácio VIII e seus hierocratas. In: Anais do VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais: as múltiplas expressões da Idade Média: Filosofia, Letras, Artes, História e Direito, 8, v. I, Cuiabá: EDUFMS, 2011. vol II, p. 201-205.

Publicado
2018-11-29
Edição
Seção
Artigos