ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO SETOR PESQUEIRO DE PERNAMBUCO

Severino Adriano Oliveira Lima, Lima Humber Agrelli Andrade

Resumo


Informações são à base de um manejo racional, estando por trás de todos os estágios da administração dos recursos pesqueiros. Neste trabalho foi analisada a evolução do setor pesqueiro no litoral de Pernambuco, a partir de um recorte histórico da atividade para o período de 1999 a 2006. As informações analisadas neste trabalho foram extraídas dos relatórios de produção de pescado marítimo e estuarino do Estado de Pernambuco, publicados nos boletins do CEPENE. Os dados foram estratificados por ano, município, tipo de embarcação, arte de pesca e categoria específica do pescado, para posterior análise descritiva e inferências não paramétricas. Os resultados mostram que as capturas dos anos 2005 e 2006 foram marcantemente maiores que nos outros anos. Em geral, as capturas de Itapissuma e Goiana foram maiores que as das demais cidades. Das quinze Famílias responsáveis pelas capturas, nove delas pertencem ao grupo de peixes (Engraulidae, Mugilidae, Haemulidae, Mullidae, Carangidae, Lutjanidae, Scaridae, Scombridae e Clupeidae). As capturas de Pernambuco mostraram-se amplamente baseadas em recursos pesqueiros estuarinos situados em baixos níveis da cadeia trófica, especialmente na costa norte.

Palavras-chave


pesca de pequena escala, coleta manual, desembarque pesqueiro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32360/acmar.v51i2.31362

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Arquivos de Ciências do Mar

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.