PHYSICOCHEMICAL AND SENSORY QUALITY ATTRIBUTES OF THE MANGROVE CRAB, Ucides cordatus, FROM THE PARNAÍBA RIVER’S DELTA ENVIRONMENTAL PROTECTION AREA

  • Thiago Fernandes Alves Silva Mestrando em Aquicultura, Centro de Aquicultura da UNESP, Jaboticabal, SP.
  • Fabíola Helena dos Santos Fogaça Pesquisadora, Embrapa, Centro de Pesquisa Agropecuária do Meio-Norte, Parnaíba, PI
  • Sidely Gil Alves Vieira Graduanda em Engenharia de Pesca, Universidade Federal do Piauí, Campus de Parnaíba, PI
  • Irani Alves Ferreira Pesquisadora, Department of Cell Biology and Molecular Genetics, University of Maryland, Washington, EUA.
  • Luiz Gonzaga Alves dos Santos Filho Graduando em Engenharia de Pesca, Universidade Federal do Piauí, Campus de Parnaíba, PI, 64202-020.
  • João Avelar Magalhães Pesquisador, Embrapa, Centro de Pesquisa Agropecuária do Meio-Norte, Parnaíba, PI, 64200-970
  • Jefferson Francisco A. Legat Pesquisadora, Embrapa, Centro de Pesquisa Agropecuária do Meio-Norte, Parnaíba, PI e Doutorando em Aquicultura, Universidade Federal de Santa Catarina.
Palavras-chave: caranguejo-uçá, Ucides cordadus, atributos fisicoquímicos, delta do Rio Parnaíba, Área de Proteção Ambiental.

Resumo

A composição centesimal e os atributos sensoriais de qualidade do caranguejo-uçá,  Ucides cordatus , foram  avaliados com o objetivo de caracterizar o valor nutritivo e os parâmetros sensoriais da carne de caranguejos coletados em  pontos com diferentes salinidades. Não houve diferença significativa na umidade da carne, porém os valores de proteína e  cinzas foram estatisticamente maiores (P<0,05) em alguns locais. As análises sensoriais mostraram que essas diferenças  influenciaram no cheiro e na aparência da carne do caranguejo. Os parâmetros de qualidade dependem do local de coleta  do caranguejo.

Publicado
2014-07-01
Seção
Artigos originais