Edições anteriores

2014

Capa da revista

v. 12, n. 2 (2014): Contextus

Capa da revista Contextus

v. 12, n. 1 (2014)

Editorial

Caros leitores,

Conforme anunciado, a Revista Contextus a partir deste número passa a ser quadrimestral; portanto, este é o primeiro número dos três que serão publicados em 2014. Com isso, almejamos publicar mais artigos anualmente e contribuir para a divulgação da produção científica no país.

 

Para melhorarmos a qualidade da publicação, é importante que divulguemos a Revista em nossas organizações e em redes sociais, para que possamos receber mais submissões de trabalhos. No intuito de estimular as submissões, temos trabalhado arduamente para reduzir o tempo do fluxo de avaliação. É importante frisar que isso não seria possível sem a colaboração de todos: corpo editorial, avaliadores, autores e demais colaboradores.

 

Os trabalhos que compõem esta Edição são os seguintes:

Experiência de consumo e o papel da qualidade do serviço em concessionárias de veículos, desenvolvido por Ieda Pelogia Martins Damian e Edgard Monforte Merlo, discute a influência da experiência do consumo, suas relações com a qualidade do serviço e suas implicações para os gestores.

Estilos de comunicação de marcas globais em diferentes contextos culturais: um estudo sobre a marca MCDonald’s, desenvolvido por  Edson Roberto Scharf e Halissa Odebrecht da Silva, analisa os estilos de comunicação adotados pela marca McDonald’s nos mercados norte-americano e brasileiro.

Tecnologias ambientais e os impactos no desempenho econômico-financeiro: o caso da Celulose Irani S/A, desenvolvido por Fábio Lazzarotti, Simone Sehnem, Yeda Maria Pereira Pavão, Anete Alberton e Sidnei Marinho, analisa o impacto das tecnologias ambientais no desempenho econômico-financeiro de uma empresa de papel e celulose.

Relação da assimetria da informação, da participação orçamentária e do risco na criação da folga orçamentária, desenvolvido por Carlos Eduardo Facin Lavarda e Odir Luiz Fank, verifica a relação da assimetria da informação, da participação orçamentária e da posição de risco na criação da folga orçamentária pela média gerência de organizações.

A dinâmica da cooperação: um estudo longitudinal em redes empresariais do setor moveleiro, desenvolvido por Douglas Wegner, Greice De Rossi e Tiago Franquini Scarano, estuda as mudanças ocorridas entre 2004 e 2011 em duas redes interorganizacionais constituídas por fábricas de móveis no Rio Grande do Sul.

Opção por endividamento na estrutura de capital: evidências em firmas brasileiras, desenvolvido por Ariane Firmeza Mota, Antônio Carlos Dias Coelho e Allan Pinheiro Holanda, investiga se empresas listadas no mercado de capitais do Brasil, em amostra de 476 empresas no período de 2000 a 2012, financiam seus deficit financeiros através de endividamento.

Aproveitamos para convidá-los a atualizar o seu cadastro e indicar nele a possibilidade de atuar como avaliador numa das próximas edições.

 

Agradecemos seu interesse e apoio contínuo em nosso trabalho, desejando que continuem a divulgar e a indicar a Revista Contextus em suas organizações e em redes de cooperação acadêmica, visando torná-la um periódico cada vez mais visível e de utilidade pública no Brasil e no exterior.

 

Boa leitura.

 

Marcelle Colares Oliveira.

Editora Chefe.


2013

v. 11, n. 2 (2013)

Editorial

Caros leitores.

Disponibilizamos a Edição N.11, v.2, da Revista Contextus - Revista Contemporânea de Economia e Gestão, completando as edições de 2013. Nesse número apresentamos oito dos quinze artigos publicados no ano de 2013. A partir de 2014, a revista passará a ter periodicidade quadrimestral com publicação de mais artigos por ano. E, visando dar maior celeridade ao processo de publicação, ficou decidida em reunião do corpo editorial a veiculação da Contextus somente por meio do site e não mais impressa. Por esse motivo, solicitamos aos autores vincularem seus artigos ao ISSNe 2178-9258.

Iniciamos esta edição com artigo que discute a influência de fatores étnico-raciais no perfil dos empreendedores brasileiros, abordando aspectos das relações étnicas brasileiras focadas em empreendedores negros. O segundo artigo verifica as oportunidades de melhoria da disciplina de Contabilidade Introdutória, utilizando o Modelo Kano em conjunto com a Matriz de Importância versus Desempenho. O terceiro artigo verifica como os fatores institucionais influenciam as organizações a implementar práticas de governança eletrônica, por meio de estudo de caso único sobre o Portal de Periódicos da Capes. No quarto artigo, os autores examinam se a alavancagem financeira afeta as decisões de investimento das empresas brasileiras não financeiras de capital aberto. No quinto artigo os autores analisam as percepções dos gestores de empresas da Grande São Paulo, contratantes de serviços na modalidade BPO – Business Process Outsourcing. O sexto artigo analisa as atribuições e a participação do controller no processo sucessório de uma empresa familiar. No sétimo artigo, os autores comparam o desempenho na geração e distribuição do valor adicionado de empresas que integram o Índice de Sustentabilidade Empresarial e das demais empresas listadas na BM&FBovespa. O oitavo artigo, investiga se as companhias listadas na BM&FBovespa gerenciam resultados por income smoothing por meio da análise de contas específicas (specific accruals), considerando as alterações decorrentes do processo de convergência das normas brasileiras de contabilidade ao padrão internacional.

Ao final desse meu primeiro período de gestão da Contextus, aproveito para agradecer a todos que colaboraram, incluindo os autores, avaliadores, editores, membros do conselho editorial, corpo científico e assistentes.

Aos leitores, muito obrigado pelo apoio e prestígio que proporcionam lendo e utilizando os artigos publicados.

Aproveito para desejar a todos meus mais sinceros votos de um Feliz 2014, repleto de boa produção.

Marcelle Colares Oliveira – Editora Chefe

v. 11, n. 1 (2013)

Editorial

Caros leitores.

Nesta primeira edição em que tenho a honrosa e difícil missão de substituir o Prof. Dr. José Carlos Lázaro da Silva Filho no comando editorial da revista, gostaria de congratulá-lo pelo excelente legado construído por ele e pelo conselho editorial nestes 3 últimos anos da Revista Contextus, com conquistas como inclusão na biblioteca eletrônica SPELL® Scientific Periodicals Electronic Library, na base da Ulrich’s Web em março de 2011, no Directory of Open Acess Journals (DOAJ), em fevereiro de 2011 e a classificação no Qualis de 2011 como B2.

Com o intuito de prosseguir o avanço qualitativo da Contextus, nesta edição apresentamos os primeiros 7 artigos dos 15 artigos anuais a serem editados. Alinhados com a diversidade de cursos da FEAAC-UFC, sua casa, os 7 artigos publicados abrangem temas relacionados a Economia, Administração e Contabilidade.

Iniciamos esta edição com artigo sobre a externalização de serviços secundários em uma instituição de ensino superior particular do Sul do Brasil. O segundo artigo aborda o processo de monitoramento de concorrentes em uma empresa de pequeno porte. O terceiro artigo apresenta um ensaio teórico no qual são analisa as as barreiras à evolução do pensamento e do conhecimento científico, mediante reunião, em um único diálogo, dos ídolos do intelecto humano identificados por Bacon e dos obstáculos epistemológicos apontados por Bachelard. O quarto artigo identifica se os níveis de habilidades cognitivas demandados pelo Enade e pelo Exame de Suficiência do CFC são aderentes ao perfil do Contador estabelecido pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), na perspectiva da Taxonomia de Bloom. No quinto artigo é examinada a dinâmica do surgimento de estratégias emergentes em organizações que fazem uso de processos deliberados de formulação estratégica. O sexto artigo verificou como a Responsabilidade Social Empresarial (RSE) está vinculada à estratégia nas instituições financeiras públicas e privadas. No sétimo artigo, os autores analisam os fundamentos teóricos e o desempenho do Modelo CreditRisk+, uma das metodologias de gestão de risco de crédito criadas por bancos, em uma amostra de portfólio de crédito.

Após sua classificação como B2, houve um aumento significativo no número de submissões de artigos a Contextus, o que implicou na necessidade de acréscimo no número de avaliadores das mais diversas áreas relacionadas a Economia e Gestão. Nossos sinceros agradecimentos a todos os que colaboraram com a Contextus, pois nada seria possível sem o trabalho dos avaliadores, que com muito desprendimento investem parte de seu tempo já tão comprometido nessa contribuição voluntária para a disseminação do conhecimento científico.

Por fim, agradecemos a paciência dos autores e os parabenizamos pelo êxito da publicação de seu trabalho bem como desejamos a todos os leitores uma agradável leitura.

Atenciosamente,

Profa. Dra. Marcelle Colares Oliveira.

2012

v. 10, n. 2 (2012)

Editorial

Prezados leitores e autores, esta nossa ultima edição de 2012 da Contextus chega com grande peso de autores de área de Contabilidade, navegando na área de investimentos financeiros, analisando questões éticas na área, passando por questões de gestão pública e propondo uma metodologia simplificada de análise de custos para a área de TI. Mantendo a proposta editorial da revista de foco nas áreas de Administração e Contabilidade, os dois artigos seguintes focam em áreas da administração, avaliação de serviço e estudo sobre comportamento do consumidor. Por fim a edição finaliza com uma análise quantitativa que trazem dados interessantes para estudos sobre a educação e gestão universitária. Esta composição diversa, ainda na linha geral da revista, buscou também resgatar artigos que infelizmente estavam no processo revisional e editorial por um tempo excessivo aos padrões de tempo que estamos buscando.

Gostaria de aproveitar este editorial, também, para comentar minha saída do front editorial da Revista, devido a outras demandas diversas da Universidade Federal do Ceará, que já no ano de 2012 vinham comprometendo minha dedicação à revista. Conforme decisão do Comitê de Política Editorial, a nova Editora Chefe passa a ser, já para a próxima edição, a Profa. Dra. Marcelle Colares, bolsista produtividade do CNPq, que no primeiro semestre de 2013 confirmou sua dedicação exclusiva a Universidade Federal do Ceará.

A Profa. Marcelle Colares, além de dar nova dinâmica ao processo editorial, assumirá a gestão de um passivo que ainda ajudarei a gerenciar, buscando a manutenção das metas traçadas pela CAPES para a qualificação atual da revista, mas visando a médio prazo também a busca de padrões e indexações que possam uma progressão na qualificação do Qualis CAPES.

Atenciosamente,

José Carlos Lázaro da Silva Filho

Editor Chefe 2010-2012

v. 10, n. 1 (2012)

Editorial

Caros leitores, autores e avaliadores. É um prazer finalizar o processo desta edição, em período conturbado, onde passamos por uma greve na universidades federais (entre elas a da sede de nossa revista) e um processo de atualização do sistema de gerenciamento da revista. Novamente com a diversidade de um revista com uma linha editorial aberta nas áreas de administração e contabilidade contamos com artigos das diversas sub-áreas de administração e contabilidade. Começando com um artigo de contabilidade focado na análise de métodos de mensuração, navegamos a área de estratégia e internacionalização, seguindo com um estudo na área de comércio justo e a análise da geração Y frente a novas questões ético ambientais. A segunda metade da edição continua na questão do cosumidor e suas preferências, voltando a área de controladoria, antes de voltar a navegar na área de mercadologia, com estudos sobre o "vale presente" e análise de consumo de viajantes. Embora revistas científicas, salvo em edições especiais, não são comumentes direcionadas para uma leitura linear de diversos artigos, esperamos que leitores na busca de um artigo específico possa encontra nesta edição outros artigos próximos a sua pesquisa.

Finalizamos pedindo desculpa pela demora da versão final (publicamos a versão alguns meses antes desta data), e tivesmo, por problemas de revisões e no sistema tirá-la do ar.


2011

v. 9, n. 2 (2011)

Editorial

Neste segundo volume de 2011, fica explícito a diversidade de áreas e temas que a Contextus tem em seu escopo, alinhado com a diversidade de cursos da FEAAC-UFC sua casa. O crescimento do reconhecimento da Contextus no meio acadêmico nacional torna-se cada vez mais marcante, com a submissão constate de artigos de qualidade de colegas de todo o País. Nesta edição, os 8 artigos publicados abrangem Administração, Controladoria e Economia, sendo o primeiro artigo uma interessante contribuição  para a discussão sobre sustentabilidade e o ensino de administração. O segundo e o terceiro artigos tratam temas estratégicos da administração, um com uma análise multicaso do uso de “marcas” no setor calçadistas e outro do caso específico de uma grande empresa nacional. O quarto artigo estuda um tipo de organização pública que devidos as suas especificidades tem contribuído para explicitar a complexidade teórica dos estudos organizacionais. Outras organizações com especificidades interessantes para a discussão teórica são as IES, objeto do estudo na área teórica de controladoria apresentado no quinto artigo. O sexto artigo traz um artigo de colegas da FEAAC, sobre a Teoria do Capital Social, que com suas ótimas avaliações no sistema de Blind Review deixou o Comitê Editorial tranqüilo quanto a colocá-lo na “cota limite” de “endogenia” (conforme diretrizes da CAPES), que tem sido controlada a fio nos últimos 4 anos. E edição finaliza com dois artigos da área de Economia, um com estudo de Teoria Econômica sobre o “caso” da Coreia do Sul, e um último com análise econométrica dos preços da cana de açúcar. Ao ver esta diversidade logo duvidamos que os oito artigos sejam lidos pelas mesmas pessoas, mas a Contextus tem claro que este não é o objetivo da uma revista científica, assim espera-se que com esta diversidade ela possa estar contribuindo para a discussão científica em diversas áreas. Mesmo que seja só de um artigo, da área específica do leitor, desejamos a este uma boa leitura.

 

Atenciosamente,

Prof. Dr. José Carlos Lázaro da Silva Filho (Editor-chefe)

v. 9, n. 1 (2011)

Editorial

 

Caros leitores,

A primeira edição de 2011 com seus oito artigos por edição, segue a decisão já seguida há 3 anos de publicarmos os quinze artigos anuais - conforme exigência da CAPES - mantendo  sempre a meta qualitativa das revistas qualificadas como B2 pela CAPES na nossa área.

Para esta edição, revisamos as funções de nossos colegiados convidando para nosso Corpo Editorial Científico Professores Pesquisadores Produtividade, Editores e Ex-Editores de outras revistas já bem qualificadas, que darão conselhos qualitativos para as edições da Contextus. Esta edição começa tematizando sobre estratégia nos seus três primeiros artigos, uma contribuição da UFRGS sobre a Estratégia de uma empresa de Agronegócios usando a Teoria Baseada em Recurso; Seguindo duas análises de estratégia de Instituições de Ensino Superior, um estudo multicasos e um estudo sobre a opção de desenvolver o Ensino a Distância. Segue a esses três primeiros artigos três artigos com o corte transversal de fundo na sustentabilidade organizacional; O quarto artigo analisa o comportamento do consumidor carioca em relação produtos ecológicos; O quinto analisa a evidenciação voluntária da Natura e o sexto busca através de abordagem institucional identificar práticas de Responsabilidade Social Empresarial na empresa de saneamento do Ceará, a CAGECE. O sétimo artigo é uma contribuição de colegas pernambucanos sobre a cadeia produtiva da Batata Reno em Moçambique, analisando a sua governança, o que deve ampliar o impacto de nossa revista a comunidade luso-falante global. Por fim, o oitavo e último artigo desta edição comprova a multidisciplinariedade da Contextus ao apresentar um artigo econômico-financeiro sobre Cooperativas de Crédito.

Gostaria ainda de comentar que continuamos seguindo as indicações da CAPES e do Manual de Boas práticas Editoriais da ANPAD, sendo nesta edição incluído um único artigo de colegas da UFC (apresentado no EnANPAD de 2010, e após submetido passou pelo processo de Revisão Ad Hoc), reafirmando a nossa busca por endogenia autoral mínima . Gostaria de finalizar agradecendo as submissões que temos recebido e voltar convidar nossos colegas a visitarem o nosso site (www.Contextus.ufc.br) e submeterem seus trabalhos a nossa revista. Um agradecimento especial fica a nossos avaliadores Ad Hoc, aos quais gostaria de enfatizar que coloquem no seus Lattes não apenas a condição de Avaliadores (deste) Periódico, mas também contem como produção técnica cada uma de suas avaliações.

Boa Leitura,

Atenciosamente,

Prof. Dr. José Carlos Lázaro da Silva Filho (Editor-chefe)


2010

v. 8, n. 2 (2010)

Editorial

 

Caros leitores,

Nesta segunda edição de 2010 apresentamos os oito artigos dos quinze a serem editados anualmente, seguindo como meta qualitativa das revistas qualificadas como B2 pela CAPES na nossa área. Além de um corpo de Ad Hoc qualificado, para tal meta, estamos alinhando nossas práticas com “Manual ANPAD de Boas Praticas de Publicação Científica”, que disponibilizamos aos autores e nossos pareceristas na área de “arquivo” da nossa versão eletrônica. Seguindo com a nossa abertura para a transdisciplinariedade na área de gestão começamos esta edição com o artigo sobre “indicadores e sustentabilidade no contexto do jogo de empresas SEE”, que confirma a abertura da revista para temática ambiental. O artigo seguinte estuda a estratégia e foca nas MPE ao estudar “a influências da estratégia de vínculos organizacionais sobre a dinâmica de micro e pequenas empresas”. Os dois artigos seguintes podem ser consideramos da área de marketing, pois tanto o estudo sobre a análise da “comportamento do consumidor de alimentos e a transmissão intergeracional” quanto a análise da “percepção sobre a aceitação e ao ajuste da tecnologia como determinante do uso do comércio eletrônico como canal de compra” analisam a relação final entre o cliente com a empresa no lócus do mercado. Em uma seção que seria de gestão pública podemos os dois artigos seguintes, um sobre “o desempenho dos postos de atendimento ao trabalhador” e outro sobre “o modelo de gestão de polícia comunitária”. A última seção desta revista é sobre gestão do conhecimento e pessoas, onde incluímos o artigo sobre a “inovação e as representações sociais dos dirigentes de empresas de um pólo tecnológico” e finalizamos com uma análise econométrica dos “atributos individuais e as chances de sucesso dos candidatos ao vestibular da UFC”, o único artigo de colegas da UFC de outro programa de pós-graduação, consolidando a nossa busca por endogenia autoral na revisa mínima de artigos do programa dos membros do conselho editorial. Gostaria de finalizar agradecendo as submissões que temos recebido, assim como nossos avaliadores e voltar convidar nossos colegas a visitarem o nosso site (www.Contextus.ufc.br) e submeterem seus trabalhos a nossa revista.

Boa Leitura,

Atenciosamente,

Prof. Dr. José Carlos Lázaro da Silva Filho

v. 8, n. 1 (2010)

Editorial

 

Caros leitores,

Nesta primeira edição que tenho prazer de substituir a Prof. Dra. Sandra Santos no comando editorial da revista, gostaria de congratulá-la pelo excelente legado construído por ela e pelo conselho editorial nestes 8 anos da Revista Contextus. Com o intuito de prosseguir seu avanço qualitativo - que resultou na classificação como uma revista cientifica na área de Administração conforme as expectativas do Sistema Qualis da CAPES - nesta edição apresentamos os primeiros 7 artigos dos 15 artigos anuais a serem editados (com a qualidade esperada de artigos científicos). Com uma linha editorial ampla em “Gestão” a Contextus tem recebido artigos de diversas áreas, o que não é problema frente a contribuição voluntária de um grande número de colegas dispostos a contribuir com o avanço da oferta editorial nas áreas de Administração, Controladoria e Economia – estando aberto a artigos de outras áreas afins como Engenharia de Produção ou áreas transdisciplinares. Iniciamos esta edição com um artigo sobre um tema atual, os projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e sua efetividade como “mecanismos” para o desenvolvimento. O segundo artigo os autores utilizam a RBV para analisar a gestão de conhecimento como fator competitivo em oito empresas. Conhecimento e informação é o foco do artigo seguinte, que por sua vez aborda duas cadeias produtivas bem diversas a de autopeças de reposição e perfis de alumínio para construção civil. O quarto artigo aborda a gestão de pessoas de empresas terceirizadas no offshore da Petrobrás, tema crescente visto a iminência da nova era do pré-sal e o impacto econômico da mesma. O quinto artigo expõe academicamente um dos mais conhecidos processos de aquisição de empresas no Brasil nos últimos 5 anos, analisando sobre a perspectiva do processo sucessória da família controladora da empresa, a Azaléia Calçados. O sexto artigo os autores usam a Análise Envoltória de Dados (DEA) para analisar a atratividade de fundos de renda fixa de três bancos. O último artigo colegas da UFC de outro programa de pós-graduação apresentam sua análise de setores selecionados frente a entrada no mercado de produtos da República Popular da China, gigante não mais adormecido da economia mundial. Este conjunto de artigos mostra sobretudo a diversidade de abordagens sobre a gestão das organizações, desde um estudo de caso marcante até a análise setorial. Também nesta “seleção” consolida-se uma linha explícita de artigos com enfoque nas questões da sustentabilidade e a organizações. Para finalizar gostaria de dar ênfase na nossa busca por uma endogenia mínima de artigos do programa dos membros do conselho editorial. Para isto contamos com o aumento de submissões de colegas de todas as regiões do Brasil. Assim aguardamos a colaboração de todos. Boa Leitura,

tenciosamente,

Prof. Dr. José Carlos Lázaro da Silva Filho


2009

v. 7, n. 2 (2009)

Editorial

O segundo número de 2009 da Revista Contextus dá continuidade à divulgação de estudos científicos nas áreas de administração, contabilidade e economia. Como tem feito em números anteriores, busca sempre avançar nas qualidades técnica e científica dos artigos publicados, como se pode constatar nos sete artigos publicados.

O primeiro artigo, “Agrupamento dos setores da economia segundo o seu desempenho: um estudo utilizando análise fatorial e de clusters”, analisa o comportamento dos setores da economia nacional durante o período de 2003 a 2006, período que coincide com mudança de governo na esfera federal. A formação dos agrupamentos, segundo as performances setoriais da economia nacional, se faz com base em métricas de desempenho econômico, financeiro e de estrutura.

Por sua vez, o segundo artigo, “O arranjo produtivo local como potencializador da vantagem competitiva: a visão dos participantes do APL de turismo região Lagoas em Alagoas” e mostra como a formação de mão-de-obra e a cooperação empresarial são os determinantes para a competitividade das empresas participantes do arranjo produtivo local de turismo na região.

O terceiro artigo, “Avicultura integrada e estratégias de mercado de grandes empresas em Pernambuco” analisa as estratégias de grandes unidades industriais no agronegócio da avicultura pernambucana a partir de suas relações no ambiente. Evidencia que as empresas pernambucanas, mesmo dependentes de insumos extra-estaduais para ração, conseguem se inserir competitivamente no mercado nacional de ovos e frangos.

O quarto artigo, “Competências necessárias e competências exercidas na gestão de contratos de serviços terceirizados em uma empresa do setor de mineração de Minas Gerais”, ao identificar as competências necessárias a um gestor de contratos de terceirização em empresas mineradoras, observa que a terceirização tem sido uma forma competente de desenvolver o sistema de gestão de empresas mineradoras. Por outro lado, destaca a existência de limitações de qualidade, o que sugere a necessidade de adaptação organizacional para se obter um melhor aproveitamento do mecanismo de terceirização.

O próximo artigo, “A utilização dos custos no suporte as atividades de marketing: um estudo no setor hoteleiro de Curitiba e região metropolitana” análisa a utilização das informações de custos para fins estratégicos na prestação de serviços e o suporte que pode ser evidenciado nas atividades de marketing em sua demanda específica no setor de hotelaria. Os resultados revelaram quanto ao posicionamento estratégico dos gestores dos hotéis, predomina a estratégia de diferenciação para as atividades fins.

O penúltimo artigo desse número, “Gestão de custos rurais: comparando práticas entre distintos pólos de produção agroindustriais do estado de Pernambuco” compara as práticas de gestão de custos no âmbito de empresas agroindustriais localizadas nos principais pólos de produção agroindustrial de Estado de Pernambuco.

O último estudo, “A utilização de software social em organizações: o caso dos wikis”. trata-se de um ensaio que explora as potencialidades da tecnologia softwares sociais web-based dos wikis para incrementar a interação interinstitucional de organizações empresariais.

Certamente, a discussão desenvolvida nos artigos possibilitará aos leitores a oportunidade de confrontar novos conhecimentos e aprofundar avaliações críticas nas temáticas correlatas bem como despertar novos avanços no campo da ciência. Continuamos aguardando sua participação, seja como autor, parecerista ou leitor, contribuindo com suas sugestões para o crescimento da Revista Contextus.

Sandra Maria dos Santos







1 a 24 de 24 itens