A NOVA NARRATIVA ITALIANA UM AUTOR, UM SÍMBOLO: PIER VITTORIO TONDELLI

  • Lucia Sgobaro Zanette

Resumo

Na literatura italiana dos anos oitenta, uma série de autores produziram textos classificados pela crítica de a nova narrativa italiana. Pier Vittorio Tondelli, que escreveu romances, contos, crônicas, textos críticos e peças de teatro durante toda a década, tornou-se - com as suas temáticas inerentes a uma realidade pós-moderna e, principalmente, ligadas a certas experiências da juventude do final dos anos setenta até o começo dos anos noventa - um autor-ícone desse período. Com a sua maneira de viver como homem em movimento, seu agudo senso de observa- ção, sua escritura, seu estilo, seu ritmo e seu forte sentire, ele se revelou um símbolo dessa nova geração de escritores, que promoveram uma importante renovação da literatura italiana, libertando-a dos impasses que a condicionavam: a dificuldade de leitura da narrativa neovanguardista e experimental, a falta de espessura da literatura de consumo e a obviedade da literatura realista, que, todavia, os novos escritores valorizavam bastante. Palavras-chave: literatura italiana, anos oitenta, renovação.
Como Citar
ZANETTE, L. S. A NOVA NARRATIVA ITALIANA UM AUTOR, UM SÍMBOLO: PIER VITTORIO TONDELLI. Revista de Letras, v. 1, n. 27, 11.