HERESIA DA LETRA SEM CORPO E DO ESPÍRITO ERRANTE - UMA LEITURA DO ROMANCE AS INICIAIS, DE BERNARDO CARVALHO

  • Cid Ottoni Bylaardt

Resumo

Este texto pretende desenvolver a idéia de perturba- ção democrática da letra órfã, postulada por Jacques Rancière, passando pelas concepções de escrita de Homero, Platão e Aristóteles. A errância da letra sem pai que a proteja conduz à idéia de supressão das belas-letras, com a instauração da literatura, que proclama sua autonomia em detrimento do edifício mimético. Essas concepções nortearão a averiguação que se conduzirá sobre a narrativa As iniciais, de Bernardo Carvalho, cuja dispersão encena textos desvinculados do mito, da alegoria e da história. Palavras-chave: errância, heresia, letra sem pai, Rancière, As iniciais, Bernardo Carvalho
Como Citar
BYLAARDT, C. O. HERESIA DA LETRA SEM CORPO E DO ESPÍRITO ERRANTE - UMA LEITURA DO ROMANCE AS INICIAIS, DE BERNARDO CARVALHO. Revista de Letras, v. 1, n. 28, 11.