O USO DE PADRÃO DECISIONAL EXTRAJURÍDICO PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF) E A TENTATIVA DE DEMONSTRAÇÃO DE UMA RAZÃO JURÍDICA SUFICIENTE NO CASO DO JULGAMENTO DA “DESAPOSENTAÇÃO”

Sandro Lucio Dezan, Ricarlos Almagro Vitoriano Cunha

Resumo


O presente texto aborda a temática da relação entre o direito positivo e a moral e busca, pelo método hipotético dedutivo, uma possível compreensão teórica da provável razão jurídica que possa ser extraída dos motivos que justificaram a decisão formulada no julgamento do Recurso Extraordinário RE 381367 pelo Supremo Tribunal Federal – STF, sobre o tema que se denominou de “desaposentação”. Com o aporte de conceitos da hermenêutica e da argumentação jurídica, a investigação concluirá tratar-se de julgado firmado em uma ética consequencialista, que tende a demonstrar uma forma de racionalidade extrametódica das decisões da Corte.

Palavras-chave


Hermenêutica e argumentação jurídicas; Razão e métodos de decisão no Supremo Tribunal Federal; Normas jurídicas e valores; Ativismo judicial

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, Karl. Glauben und Glaubenswssenschaft im Katholigismus: Vorträge u. Aufsätze. Text der 2. Aufl.. Rottenburg: Bader'sche Verlagsbuchhandlung, 1923.

ALEXY, Robert. Teoría de los derechos fundamentales. Madrid: Centro de Estudios Constitucionales, 1993.

ATENCIA, J. M. Positivismo y neopositivismo. In: Anales del Seminario de Metafísica. N.º 25-1991/143-154. Madrid: Ed. Universidad Complutense, 2005.

BOLONHA, Carlos; RANGEL Henrique; ALMEIDA, Maíra. A proposta de uma constituição sistêmica. REVISTA NOMOS - REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DA UFC, p. 13-38, v. 34.1, jan./jun. 2014.

BYDLINSKI, Franz. Über die Lex-lata-Grenze der Rechtsfindung. In KOLLER, Ingo; HAGER, Johannes; JUNKER, Michael; SINGER, Reinhard; NEUNER, Jörg (Hrsg.). Einheit und Folgerichtigkeit im Juristischen Denken – Symposion zu Ehren von Herrn Dr. Dr. h.c. mult. ClausWilhelm Canaris. München: C.H. Beck´sche Verlagsbuchhandlung, 1998, p. 27-88.

CARBONELL, Miguel. Teoría del neoconstitucionalismo. Ensayos escogidos. Madrid: Trotta, 2007.

CUNHA, Ricarlos Almagro Vitoriano. Segurança jurídica e crise no direito. 1. ed. Belo horizonte: Arraes Editores, 2012.

CUNHA, Ricarlos Almagro Vitoriano. Hermenêutica jurídica e argumentação no direito. Curitiba: CRV, 2014.

CUNHA, Ricarlos Almagro Vitoriano. Ética e decisão judicial: o papel da prudência na concretização de direitos. Curitiba: CRV, 2015.

DWORKIN, Ronald. Levando os direitos a sério. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DWORKIN, Ronald. Justiça para ouriços. Lisboa: Almedina, 2012.

ESSER, Josef. Vorverständnis und Methodenwahl in der Rechtsfindung. Rationalitätsgrundlagen richterlicher entscheidungspraxis. Frankfurt am Main: Athenäum Ficher, 1972.

GADAMER, Hans-Georg. Verdad y método. Vol. I. Salamanca: Ediciones Sígueme, 1998.

GADAMER, Hans-Georg. Verdad y método. Vol. II. Salamanca: Ediciones Sígueme, 1998.

GARCÍA FIGUEROA, A. El paradigma jurídico del neoconstitucionalismo. Un análisis metateórico y una propuesta de desarrollo. GARCÍA FIGUEROA, A. (Coord.). in: Racionalidad y Derecho. Madrid: CEPC, 2006, p. 265-28.

GODOY, Arnaldo Sampaio de Moraes. Introdução ao realismo jurídico norte-americano. 1. ed. Brasília: Edição do Autor, 2013.

GOYARD-FABRE, Simone. Filosofia crítica e razão jurídica. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

GÜNTHER, Klaus. Teoria da argumentação no direito e na moral. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2011.

HART, Herbert. L. A. O conceito de direito. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

HEIDEGGER, Martin. A essência do fundamento. Lisboa: Edições 70, 1988.

HEIDEGGER, Martin. O princípio do fundamento. Lisboa: Instituto Piaget, 1999.

HEIDEGGER, Martin. El ser y el tiempo. Traducción José Gaos. México: Fondo de Cultura Económica, 1993.

HESSEN, Johannes. Filosofia dos valores. Trad. E Pref. L. Cabral Moncada. Coimbra:Almedina, 2001,

KAUFMANN, Arthur. hermenéutica y derecho. Granada: Comares, 2007.

LÉVINAS, Emmanuel. Entre nós: ensaios sobre a alteridade. Tradução de Pergentino Stefano Pivatto (coord.), Evaldo Antônio Kuiava, José Nedel, Luiz Pedro Wagner e Marcelo Luiz Pelizolli. Petrópolis: Vozes, 2009.

LOCKE, John. Dois tratados sobre o governo. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Tradução de Eliane Lisboa. 5. ed. Porto Alegre: Sulina, 2015.

RADBRUCH, Gustav. Introducción a La ciência del derecho. Traducción de Luis Recanses Siches. Madrid: Librería General de Victoriano Suárez, 1930.

ROSSI, Amélia Sampaio; PAMPLONA Danielle Anne. Neoconstitucionalismo e ativismo judicial: democracia e constitucionalismo em oposição ou tensão produtiva? REVISTA NOMOS - REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DA UFC, p. 13-29, 2013, v. 33.2, jul./dez., p. 15.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do contrato social: princípios do direito político. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010.

SCHELER, Max. Vom ewigen im menschen. Text der 3. Aufl. Berlin: Berlin Der Neue Geist 1933.

SEABRA FAGUNDES, Miguel. Voto relator na apelação cível n.º 1.422. In Revista de Direito Administrativo. Vol. 14. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1948.

SOUZA, Elden Borge; PINHEIRO, Victor Sales. Tomás de Aquino e a razão natural dos direitos humanos: pessoa e bem comum. REVISTA NOMOS - REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DA UFC, P 120-137, v. 36.2, jul./dez. 2016.

PUERTO, Manuel Jesús Rodríguez. Interpretación, derecho, ideologia: la aportación de la hermenéutica jurídica. Granada: Comares, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Sandro Lucio Dezan

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN 1807-3840

Rua Meton de Alencar, s/n - Centro
Fortaleza, Ceará, CEP 60.035-160
Telefone: +55 (85) 3366 7850

Bases de dados

Periódicos

Resultado de imagem para library of congress logo  http://www.cnen.gov.br/images/logo_livre2.png   Find in a library with WorldCat