Multiprofissionalidade em um centro de atenção psicossocial para usuários de álcool e outras drogas

Lorena Uchôa Portela Veloso, Ana Angélica Oliveira de Brito, Lana de Pinho Rodrigues, Caique Veloso, Fernando José Guedes da Silva Junior, Claudete Ferreira de Souza Monteiro

Abstract


Objetivo: analisar a concepção de profissionais de saúde sobre o trabalho multiprofissional.Métodos: estudo qualitativo, realizado com doze profissionais de saúde de um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Dados produzidos por meio de entrevistas e submetidos à análise de conteúdo. Resultados: elaboraram-se três categorias que abordam as concepções dos profissionais acerca do trabalho multiprofissional, as estratégias práticas utilizadas no cotidiano do serviço para sua implementação e os principais desafios para consolidação da multiprofissionalidade como ferramenta para assistência aos usuários do serviço. Conclusão: os profissionais entendiam a relevância do trabalho multiprofissional, mas afirmaram que requer planejamento e valorização do saber do outro. Os entraves na formação profissional e as deficiências na estrutura física dos serviços foram apontados como os principais desafios para que a multiprofissionalidade ultrapasse o plano das intenções para tornar-se prática concreta.

Keywords


Equipe de Assistência ao Paciente; Saúde Mental; Enfermagem.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v17i6.18840

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SciELO - Scientific Electronic Library OnlineResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem