Análise da trajetória da Associação Brasileira de Enfermagem – Seção Ceará

André Ribeiro de Castro Júnior, Silvia Maria Nobrega-Therrien, Maria Irismar de Almeida, Daniele Vasconcelos Fernandes Vieira, Francisca Gomes Montesuma

Resumo


Objetivo: descrever a trajetória da Associação Brasileira de Enfermagem. Métodos: pesquisa documental com dados obtidos principalmente das atas de reuniões da Associação Brasileira de Enfermagem − Seção Ceará. Produziu-se fichamento, com levantamento quantitativo e qualitativo de termos e assuntos recorrentes nas atas. Os dados foram triangulados e interpretados em categorias. Resultados: as informações referentes à associação foram divididas em cinco categorias, que expuseram o perfil das diretorias e suas prioridades na discussão da enfermagem cearense, destacando desafios quanto a lutas e posicionamentos sobre o ensino da enfermagem, e ao estímulo à produção e divulgação científica, contextualizadas nas condições sociais e políticas. Conclusão: a Associação Brasileira de Enfermagem − Seção Ceará é emblemática na construção da história da profissão no Ceará, ao ativar reflexões sobre a importância do associativismo no fortalecimento e na visibilidade das lutas de classe, a qualificação do ensino e a ampliação da produção científica.

Palavras-chave


Enfermagem; História da Enfermagem; Educação em Enfermagem.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v18i3.20052

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 Marca ABEC CompletaResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem