Satisfação profissional de trabalhadores de enfermagem de um serviço de hemato-oncologia

Bruna Xavier Morais, Cecília Mariane Pinheiro Pedro, Graziele de Lima Dalmolin, Augusto Maciel da Silva

Resumo


Objetivo: avaliar o nível de satisfação profissional de trabalhadores de enfermagem de um serviço de hemato-oncologia. Métodos: estudo transversal, realizado com 46 trabalhadores de enfermagem de um serviço de hemato-oncologia. Utilizou-se questionário com dados sociodemográficos, laborais e o instrumento Índice de Satisfação Profissional. Para análise dos dados foi utilizada estatística descritiva. Resultados: o nível de satisfação profissional encontrado foi de 11,17, considerado baixo. O componente mais importante entre os trabalhadores no que se refere à satisfação profissional foi a interação (2,96), seguida da autonomia (2,93), e o menos importante foi o status profissional (1,62). Conclusão: observou-se baixo índice de satisfação profissional dos trabalhadores de enfermagem do serviço de hemato-oncologia. Os componentes interação e autonomia foram considerados os mais importantes para a satisfação profissional.

Palavras-chave


Satisfação no Emprego; Enfermagem; Saúde do Trabalhador.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2018193165

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa