Vigilância em saúde em creches: análise do estado nutricional em menores de dois anos

Palavras-chave: Vigilância Nutricional; Estado Nutricional; Saúde da Criança.

Resumo

Objetivo: avaliar o estado nutricional de crianças assistidas em creches públicas municipais. Métodos: pesquisa transversal realizada com 137 crianças entre zero e 24 meses. Para coleta de dados, utilizaram-se as medidas antropométricas preconizadas pelo Ministério da Saúde, incluindo estatura, peso e índice de massa corporal, e, para análise, as estatísticas descritiva e inferencial. Resultados: mais da metade das crianças apresentaram-se eutróficas (70,7%), porém 24,1% delas apresentaram sobrepeso, sendo a maioria do sexo masculino. Quadros de magreza (5,2%) também foram identificados em crianças entre os seis e 24 meses. Conclusão: os resultados da avaliação nutricional sinalizam para a tendência de redução das taxas de desnutrição e elevação do sobrepeso na infância, o que reforça a importância da avaliação antropométrica na identificação de alterações nutricionais em crianças usuárias de creches.

Referências

Fernandes ECB, Castro TG, Sartorelli DS. Associated factors of malnutrition among African children under five years old, Bom Jesus, Angola. Rev Nutr PUCCAMP. 2017; 30(1):33-44. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652017000100004

Carvalho CA, Fônseca PCA, Piore SE, Franceschini SCC, Novaes JF. Food consumption and nutritional adequacy in Brazilian children: a systematic review. Rev Paul Pediatr. 2015; 33(2):211-21. doi: https://doi.org/10.1016/j.rpped.2015.03.002

Pedraza DF, Bezerra TA. Nutritional status of children under five years living in area of social vulnerability of Campina Grande, Paraíba State. Acta Sci Health Sci. 2016; 38(1):81-8. doi: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v38i1.29155

Goisis A, Sacker N, Kelly Y. Why are poorer children at higher risk of obesity and overweight? A UK cohort study. Eur J Public Health. 2016; 26(1):7-13. doi: https://doi.org/10.1093/eurpub/ckv219

Pedraza DF, Santos IS. Assessment of growth monitoring in child care visits at the Family Health Strategy in two municipalities of Paraíba State, Brazil. Epidemiol Serv Saúde. 2017; 26(4):847-55. doi: 10.5123/S1679-49742017000400015

Santos NCCB, Pinto MB, Henriques AHB, Cavalcanti JRD, Brito CC, Reichert APS. Vigilância à saúde das crianças em creche municipal: enfoque no perfil nutricional. Rev Rene [Internet]. 2013 [citado 2018 abr. 13]; 14(4):704-12. Disponível em: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/viewFile/1110/pdf

Ramires EKNM, Menezes RCE, Oliveira JS, Oliveira MAA, Temoteo TL, Silva GL, et al. Nutritional status of children and adolescents from a town in the semiarid Northeastern Brazi. Rev Paul Pediatr. 2014; 32(3):200-7. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0103-0582201432309

Said-Mohamed R, Micklesfield LK, Pettifor JM, Shane A. Has the prevalence of stunting in South African children changed in 40 years? A systematic review. BMC Public Health. 2015; 15(534):2-10. doi: http://doi.org/10.1186/s12889-015-1844-9

Ministério da Saúde (BR). Caderneta de saúde da criança. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Pessoa TAO, Martins CBG, Lima FCA, Gaíva MAM. O crescimento e desenvolvimento frente à prematuridade e baixo peso ao nascer. Av Enferm. 2015; 33(3):401-11. doi: http://dx.doi.org/10.15446/av.enferm.v33n3.44425

Bento IC, Esteves JMM, França TE. Alimentação saudável e dificuldades para torná-la uma realidade: percepções de pais/responsáveis por pré-escolares de uma creche em Belo Horizonte/MG, Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. 2015; 20(8):2389-400. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015208.16052014

Pereira IFS, Andrade LMB, Spyrides MHC, Lyra CO. Nutritional status of children under 5 years of age in Brazil: evidence of nutritional epidemiological polarization. Ciênc Saúde Coletiva. 2017; 22(10):3341-52. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320172210.25242016

Pedraza DF, Silva FA, Melo NLS, Araújo EMN, Sousa CPC. Estado nutricional e hábitos alimentares de escolares de Campina Grande, Paraíba, Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. 2017; 22(2):469-77. doi: http://dx.doi.org/10.1590/141381232017222.26252015

Leal KK, Schneider BC, França GVA, Gigante DP, Santos I. Assunção MCF. Diet quality of preschool children aged 2 to 5 years living in the urban area of Pelotas, Brazil. Rev Paul Pediatr. 2015; 33(3):310-7. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.rpped.2015.05.002

Ferreira SD, Carballo FP, Sousa FF, Silva DMR. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso/obesidade e à hipertensão arterial sistêmica em crianças da rede privada de ensino de Divinópolis/MG. Cad Saúde Coletiva 2015; 23(3):289-97. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201400060082

Publicado
2018-05-24
Seção
Artigos de Pesquisa