Avaliação dos serviços de atenção à saúde das pessoas com estomias: estudo de casos múltiplos

Ravena Rieelly Araújo Moura, Juliano Teixeira Moraes, Eliete Albano de Azevedo Guimarães

Resumo


Objetivo: avaliar os serviços de atenção à saúde das pessoas com estomias. Métodos: estudo de casos múltiplos que analisou a implantação de cinco serviços regionais. Foram definidos três componentes: Gerenciamento dos serviços, Assistência clínica e Assistência educacional. Grau de implantação definido por sistema de escores classificado como plena, satisfatória, incipiente, não implantado. Resultados: um serviço foi avaliado com “implantação plena” e outro como “não implantado”. Os melhores componentes avaliados foram Assistência clínica e Gerenciamento dos serviços; o que obteve menor avaliação foi Assistência educacional. As limitações estruturais compreenderam carência da equipe de saúde completa e ausência de protocolos clínicos e organizacionais. No Processo, identificou-se escassez de consultas realizadas pela equipe, formação de grupos de apoio e educação em saúde. Conclusão: os serviços regionais pesquisados não estão adequados para subsidiar o planejamento, monitoramento e serviços às pessoas com estomias, pois apresentam problemas estruturais e processuais que interferem na qualidade do cuidado. 


Palavras-chave


Estomia; Atenção à Saúde; Serviços de Saúde; Avaliação de Programas e Projetos de Saúde.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20181932961

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa