A CURRALEIRA ENQUANTO EXPRESSÃO CULTURAL DO CERRADO

Autores

  • João Nunes Avelar Filho

Resumo

A presente abordagem pretende fazer uma correlação entre o ecossistema natural e o cultural por meio da dança da Curraleira, um desdobramento das manifestações populares do Cerrado. No principal território por onde avança o agronegócio, existem vestígios de preservação ambiental e expressões culturais de pequenas comunidades rurais que ainda preservam seus costumes e suas tradições, diferente dos centros urbanos. A dança em si retrata padrões intrínsecos de preservação e revitalização e seria uma maneira razoável de compreender a problemática socioambiental. A ecolinguística, dentre todas as ciências ecológicas, talvez seja a que mais demande uma especialidade linguístico-cultural regional, devido ao atual estágio centralizador que ainda insiste em agrupar o conhecimento de maneira uniformizada. Nesse sentido, ela se interpõe enquanto visão ecológica de mundo e nos ajuda a compreender os constantes processos de transformação dos cenários na pós-modernidade.

Palavras-chave: Curraleira. Cultura popular. Meio Ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-03

Como Citar

FILHO, João Nunes Avelar. A CURRALEIRA ENQUANTO EXPRESSÃO CULTURAL DO CERRADO. Revista de Letras, [S. l.], v. 2, n. 37, p. 179–185, 2018. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/revletras/article/view/53046. Acesso em: 24 jul. 2024.