COMENTÁRIO À TRADUÇÃO PARA O ESPANHOL DE TRÊS CONTOS DE NOITE NA TAVERNA, DE ÁLVARES DE AZEVEDO

Autores

  • Andréa Cesco
  • Mara Gonzalez Bezerra

DOI:

https://doi.org/10.36517/revletras.39.1.5

Resumo

Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo (1831-1852), está dividida em sete contos, sendo que o primeiro e o último funcionam como prólogo e epílogo. Os demais são narrados por cinco rapazes que dão nome aos contos. As misteriosas histórias, envolvendo amor e morte, são tétricas e trágicas. A obra, que é classificada como narrativa fantástico/gótica, e que ainda não possui publicação integral na língua espanhola, dispõe da tradução (realizada por nós) de três de seus contos – “Solfieri”, “Gennaro” e “Último Beijo de Amor” – publicados em revistas acadêmicas. Neste artigo comentamos, através de alguns excertos, como foi traduzir no par contrário, do português ao espanhol – dando o devido cuidado à
circulação sociocultural entre as línguas – alguns aspectos estilísticos e culturais relativos ao século XIX, encontrados contos e que nos levaram a uma reflexão sobre as escolhas. Para alcançar esses objetivos, buscamos nos apoiar, principalmente, em Even-Zohar, Berman e Peter Burke.

Palavras-chave: Noite na Taverna; tradução cultural; língua espanhola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-30

Como Citar

CESCO, Andréa; BEZERRA, Mara Gonzalez. COMENTÁRIO À TRADUÇÃO PARA O ESPANHOL DE TRÊS CONTOS DE NOITE NA TAVERNA, DE ÁLVARES DE AZEVEDO. Revista de Letras, [S. l.], v. 1, n. 39, 2020. DOI: 10.36517/revletras.39.1.5. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/revletras/article/view/61407. Acesso em: 21 maio. 2024.