Corporal counter-conducts in education

  • Cristiane Maria Marinho Doutora e professora da UECE.
Keywords: Body. Conduct. Counter-conduct. Education. Power.

Abstract

This article, entitled Corporal Counter-conducts in Education, has as comprehensive objective, to put into context, the importance of the body, both in the exercise of disciplinary and biopolitical power, and the resistance activities to power. For this purpose, the presentation has been split in two instances. The first one, Discipline and Biopolitics: the exercise of contemporary and modern powers in the handling of conducts, features the specifics of these powers, inserting an explanation on the importance of the body as an essential factor in the handling of conducts. In the same way, the second instance of the paper Education and Power: conducts and counter- conducts, mirrors the possibilities of resistance to power through making aesthetics part of our existence, in which, resistance passes necessarily through the body as well as it develops those conduct possibilities, starting from education.

Author Biography

Cristiane Maria Marinho, Doutora e professora da UECE.

Professora da UECE, doutora em Educação, doutoranda em Filosofia UFG.

References

CASTRO, Edgardo. Vocabulário Foucault: um percurso pelos seus temas, conceitos e autores. Tradução Ingrid Müller Xavier; revisão técnica Alfredo Veiga-Neto e Walter Kohan. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

FOUCAULT, Michel. Poder-corpo. In:______. Microfísica do poder. 5. ed. Organização e tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985.

______. História da sexualidade I: a vontade de saber. 7. ed. Tradução de Maria Thereza da Costa Albuquerque e Guilhon Albuquerque. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985a.

______. Em Defesa da Sociedade: curso no Collège de France (1975-1976) Michel Foucault; tradução Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 1999. (Coleção Tópicos).

______. O sujeito e o poder. In: Hubert L. Dreyfus e Paul Rabinow; Michel Foucault- uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e a hermenêutica. 2. ed. Rev.; tradução Veraportocarrero e Gilda Gomes Carneiro. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2013.

______. A Ética do Cuidado de Si como Prática da Liberdade. In: _____. Ditos e es- critos v. V. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

GALLO, Sílvio. Foucault e as “práticas de liberdade”: possibilidades para o campo educativo. In: MUCHAIL, Salma T.; FONSECA, Márcio A. da; VEIGA-NETO, Alfredo. (Orgs.). O mesmo e o outro: 50 anos de História da loucura. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013. (Coleção estudos foucaultianos).

MARINHO, Cristiane. A potência da educação de subjetividades insurgentes para uma política outra. In: RAGO, Margareth; GALLO, Sílvio. (Orgs.). Michel Foucault e as insurreições: É inútil revoltar-se?. São Paulo: CNPq, Capes, Fapesp, Intermeios, 2017.

Published
2019-04-22
Issue
Section
Artigos