A EDUCAÇÃO TÉCNICA A PARTIR DO DIAGNÓSTICO CRÍTICO DA MODERNIDADE DO FILÓSOFO ALEMÃO MARTIN HEIDEGGER

Palavras-chave: EducaçãoX, Educação, Educação técnica, Técnica moderna, Heidegger, Ontologia

Resumo

Este artigo objetiva pensar a educação técnica a partir do diagnóstico crítico que o filósofo alemão Martin Heidegger realiza sobre a “era da técnica”. Desse modo, para aproximar o tema da educação da filosofia de Heidegger, mais precisamente no que tange à questão supracitada, utilizaremos, basicamente, os seguintes textos: educação profissional: crise e precarização (2019) e escritos fundamentais do pensador alemão que tratam a fundo da temática da técnica. São eles: A questão da técnica (2008), Que é Metafísica? (1983) e O fim da filosofia e a tarefa do pensamento (1983). Esses textos servirão de fio condutor para refletirmos sobre alguns desafios da educação tecnicista. O entrecruzamento dessas reflexões nos permitirá compreender, a partir de Heidegger, como a questão da técnica, assim como a tecnologia, vão muito além das suas configurações instrumentais, ultrapassando, em grande medida, o sentido neutro dos avanços tecnológicos, atribuindo ao conhecimento um caráter, sobretudo, pragmático. Desta feita, esse artigo procura contribuir para pensarmos a educação em sentido mais amplo, não apenas no que diz respeito às transformações técnico-científicas, mas, sobretudo, uma educação reflexiva, questionadora e transformadora efetiva da sociedade.

Referências

ARANHA, Maria Lúcia Arruda. Filosofia da educação. São Paulo: Moderna, 2006.
HEIDEGGER, Martin. A questão da técnica. In: ensaios e conferências. Trad. Emmanuel Carneiro Leão. Petrópolis: Vozes, 2008a.
___________________. Construir, habitar, pensar. In: ensaios e conferências. Trad. Márcia de Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Vozes, 2008b. São Paulo: Abril cultural, 1983a. (Coleção os Pensadores).
___________________. O fim da filosofia e a tarefa do pensamento. In: Ensaios e conferências. Ernildo Stein.São Paulo: Abril cultural, 2008a.

__________________. Que é Metafísica. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Abril cultural, 1983b (Coleção os pensadores)
___________________. Seminários de Zollikon. Editado por M. Boss. Trad. G Arnhold e M. F. Almeida Prado. Petrópolis: Vozes, 2001.
MANFREDI, Silvia Maria. Educação profissional no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.
SÁ, Franco Alexandre de. Heidegger e a essência da universidade. Covilhã: Lusosofia: press, 2008. (Coleção: artigos Lusosofia).
SANTOS, Deribaldo. Educação profissional: crise e precarização. São Paulo: Lutas anticapital, 2019.
Publicado
2021-08-28
Seção
Dossiê Filosofia da Técnica e Educação (III)