"Eu e meu bairro": Fragmentos comunicacionais na escrita do urbano

  • Daniela Matos Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Palavras-chave: Escrita Política, Lugar, Juventude

Resumo

O artigo busca compreender a dimensão transformadora da escrita empreendida por jovens moradores de espaços periféricos da cidade a partir da análise do material identificado como "Diário Criativo", em articulação etensionamento com textos oficiais e midiáticos. Na perspectiva aqui apresentada aescrita desses jovens é capaz de visibilizar um mundo antes invisível, não dito, e provocar o aparecimento de uma nova organização do sensível capaz, também, de operar transformações no regime de visibilidade hegemônico ao constituir um novo conjunto comum compartilhável. Os “Diários” são compreendidos enquanto exercícios de uma nova cartografia que oferece ao leitor uma produção de conhecimento complexa sobre determinado lugar. Desse modo, o consideramos enquanto um texto e um mapa, portanto, um mapa-texto que visa localizar, tornando visível lugares assim como as práticas dos sujeitos.
Publicado
2015-11-23
Seção
Artigos