Cartografia do reggaeton

mainstream na América Latina, marginal no Brasil

  • Yuji Gushiken UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Faculdade de Comunicação e Artes, Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT)

Resumo

No modelo de pesquisa da “comunicação como cultura”, com apoio de disciplinas das Ciências Sociais e Humanas, este artigo apresenta uma cartografia do gênero musical reggaeton em espaços urbanos que se caracterizam pelas distintas intensidades de circulação de informações. A pesquisa de campo em diversas espacialidades e etapas permitiu compreender a circulação e o consumo deste gênero popular caribenho em distintas regiões geográficas e diferentes condições urbanas. Os espaços pesquisados incluem o comércio formal de centros metropolitanos nos EUA, América Latina , Caribe e Brasil como “espaços de fluxos” e no comércio informal da fronteira Brasil-Bolívia como hinterlândia de escassez populacional, comercial e informacional. Produtos audiovisuais coletados indicam a circulação do reggaeton como produto midiático: mainstream na América hispânica e marginal no Brasil lusófono, conforme distintas condições históricas e geográficas em que se organiza o capitalismo nas diversas regiões nas Américas

Biografia do Autor

Yuji Gushiken, UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Faculdade de Comunicação e Artes, Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT)

De origem diaspórica okinawana (Pacífico Norte Ocidental), nascido em Cuiabá (Sertão Oeste do Brasil). Docente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea, Universidade Federal
de Mato Grosso (ECCO-UFMT). Grupo de Pesquisa em Comunicação e Cidade (Citicom-UFMT). Pós-doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Ceará (PPGCOM-UFC), sob supervisão da Profa. Dra. Maria Érica de Oliveira Lima.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Gushiken, Y. (2020). Cartografia do reggaeton. Passagens, 11(2), 211-234. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/passagens/article/view/60992
Seção
Temática Livre

Artigos do(s) mesmo(s) autor(es) mais lidos