O JORNALISMO CORSÁRIO DE PIER PAOLO PASOLINI NOS ANOS 1970

Cláudia Tavares Alves

Resumo


Dentre as diversas atividades literárias e cinematográficas às quais Pier Paolo Pasolini se dedicou ao longo de sua carreira, seu trabalho jornalístico ganhou grande destaque entre o público em geral e a crítica especializada por ter um caráter de intervenção política. A intenção do presente artigo é buscar caminhos para compreender o que ficou conhecido como corsarismo em sua obra e refletir sobre a maneira como esses textos publicados em jornal passaram a fazer parte do livro Scritti corsari

Texto completo:

PDF

Referências


AMIDEI, G. Barbiellini. (1984). Pasolini giornalista fu anche uno stile. Corriere della Sera, 5 out.

BAZZOCCHI, Marco Antonio. (1998). Pier Paolo Pasolini. Milão: Bruno Mondadori.

BERARDINELLI, Alfonso. (1990). Tra il libro e la vita: situazioni della letteratura contemporanea. Turim: Bollati Boringhieri.

________. (2008). La forma del saggio: definizione e attualità di un genere letterario. Veneza: Marsilio Editori.

FERRUCCI, Franco. (1980-1981). Il J’accuse di Pasolini. Italian Quarterly, year XXI-XXII, n. 82-83.

GOLINO, Enzo. (1980-1981). Gli scritti politici di Pasolini. Italian Quarterly, year XXI-XXII, n. 82-83.

MORAVIA, A.; Nicolini, R.; Siciliano, E.; Roncaglia, A. et al. (1978). Per conoscere Pasolini. Roma: Bulzoni & Teatro Tenda Editori.

OTTONE, Piero. (1978). Intervista sul giornalismo italiano. Org. Paolo Murialdi. Roma-Bari: Laterza.

PASOLINI, Pier Paolo. (1982). Caos: crônicas políticas. Trad. Carlos Nelson Coutinho. São Paulo: Brasiliense.

________. (2001). Saggi sulla politica e sulla società. In: I Meridiani. Org. Walter Siti. Milão: Mondadori.

RINALDI, R. (1981). Dall'estraneità: tra il giornalismo e il saggismo dell'ultimo Pasolini. Sigma, XIV, 2-3, mag.-dic.

ROVATTI, Pier Aldo. (2010). Che cos’è uno scritto corsaro?. Aut Aut: inattualità di Pasolini, Milão, nº 345, p. 61. Disponível em . Acesso em 4 de outubro de 2016.

SANTATO, Guido. (2012). Pier Paolo Pasolini: l'opera poetica, narrativa, cinematografica, teatrale e saggistica: ricostruzione critica. Roma: Carocci.

SCHWARTZ, Barth David. (1992). Pasolini Requiem. Nova Iorque: Vintage.

TRICOMI, Antonio. (2005). Sull’opera mancata di Pasolini: un autore irrisolto e il suo laboratorio. Roma: Carocci.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2179-9938