Intervenções e resultados de enfermagem para risco de lesão por pressão em pacientes críticos

Luana Nunes Caldini, Renan Alves Silva, Geórgia Alcântara Alencar Melo, Francisco Gilberto Fernandes Pereira, Natasha Marques Frota, Joselany Áfio Caetano

Abstract


Objetivo: estabelecer relações entre as intervenções e os resultados de enfermagem para o diagnóstico Risco de lesão por pressão em pacientes críticos. Métodos: estudo longitudinal, realizado com 63 pacientes, em uma unidade de terapia intensiva. Utilizou-se um instrumento com dados clínicos do paciente e a Escala de Braden. Realizou-se a técnica de mapeamento cruzado a fim de estabelecer os resultados e as intervenções de enfermagem para cada fator de risco. Resultados: encontraram-se quatro relações intervenções/resultados para percepção sensorial; 11 para umidade; cinco para atividade; seis para nutrição; quatro para mobilidade; e três para fricção/cisalhamento. Conclusão: identificaram-se 33 relações direcionadas aos fatores de risco observados, com maior frequência para umidade. As relações estabelecidas para a umidade foram: eliminação urinária, resposta à medicação, cicatrização de feridas: segunda intenção, autocuidado: banho, equilíbrio hídrico, equilíbrio eletrolítico e ácido-base, continência intestinal e integridade tissular: pele e mucosas.

Keywords


Processo de Enfermagem; Cuidados de Enfermagem; Lesão por Pressão; Fatores de Risco; Unidades de Terapia Intensiva; Cuidados Críticos.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v18i5.30808

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SciELO - Scientific Electronic Library OnlineResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem