Qualidade de vida de pacientes com úlceras vasculogênicas em tratamento ambulatorial

Brenda Kelly da Silva Monte, Elaine Cristina Carvalho Moura, Jéssica Pereira Costa, Grazielle Roberta Freitas da Silva, Vanessa Caminha Aguiar Lopes

Resumo


Objetivo: avaliar a qualidade de vida de pacientes acometidos por úlceras vasculogênicas em tratamento ambulatorial. Métodos: estudo quantitativo, descritivo-comparativo, do tipo antes e depois, realizado em ambulatório especializado no tratamento de feridas complexas, com pacientes acometidos por úlceras vasculogênicas, totalizando 10 pacientes e 26 feridas. Resultados: o escore global de qualidade de vida aumentou 6,8 unidades na mediana. Na avaliação global, tecido epitelizado, presença de odor fétido, realização de desbridamento cirúrgico e uso de hidrogel foram influenciadores do aumento dos escores. Conclusão: observou-se aumento significativo dos escores de qualidade de vida em todos os domínios e no escore global. Os aspectos tipo de tecido e odor influenciaram significativamente o aumento dos escores de todos os domínios e do escore global.

Palavras-chave


Qualidade de Vida; Úlcera da Perna; Assistência Ambulatorial.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2018193286

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa