Avaliação de tecnologia educativa sobre lesão por pressão baseada em indicadores de qualidade assistenciais

Luana Nunes Caldini, Thiago Moura de Araújo, Natasha Marques Frota, Lívia Moreira Barros, Leonardo Alexandrino da Silva, Joselany Áfio Caetano

Resumo


Objetivo: avaliar a contribuição de tecnologia educativa sobre lesão por pressão em indicadores de qualidade assistenciais. Métodos: estudo quase experimental, com delineamento antes e depois de intervenção educativa, relacionada a curso on-line sobre lesão por pressão. Coleta de dados composta por três etapas: recolhimento de indicadores sobre lesão por pressão; aplicação da intervenção educativa; e avaliação dos pacientes pós-intervenção. Resultados: foram avaliados 47 pacientes em cada etapa. A avaliação de risco e descrição da pele na admissão apresentou valores superiores após intervenção educativa. Descrição de medidas preventivas superior no grupo pós-intervenção educativa, o qual apresentava elevado índice no grupo pré-intervenção (80,9%). O número de pacientes com lesão por pressão diminuiu de 53,2% para 42,6% (p=0,500). Conclusão: o impacto da tecnologia de informação e comunicação foi observado, principalmente na diminuição da incidência de lesões.


Palavras-chave


Ferimentos e Lesões; Úlcera por Pressão; Educação a Distância; Unidade de Terapia Intensiva; Capacitação em Serviço; Enfermagem.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20181932695

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa