Percepções de profissionais de saúde sobre inclusão social em um Centro de Atenção Psicossocial

Dulcian Medeiros de Azevedo, Glauber Weder dos Santos Silva, Francisco Arnoldo Nunes de Miranda, Mônica Silva de Bessa, Suerda Lillian da Foncesa Lins, João Evangelista da Costa

Resumo


Objetivo: compreender as percepções de equipe técnica sobre inclusão social em um Centro de Atenção Psicossocial. Métodos: pesquisa qualitativa, desenvolvida com 20 profissionais de saúde. Utilizaram-se a técnica de entrevista semiestruturada e a observação não participante. Dados analisados por meio da classificação hierárquica descendente e análise temática de conteúdo, processados no software Analyse Lexicale par Contexte d’un Ensemble de Segments de Texte. Resultados: emergiram-se três categorias: Inclusão social: participação familiar na inclusão/exclusão e a geração de renda; Atividades terapêuticas: inclusão “dentro e fora” do Centro de Atenção Psicossocial; e Desafios da inclusão: gestão do serviço e capacitação profissional. Conclusão: o preconceito ou a discriminação neste campo, aliado às dificuldades de apoio da gestão com serviço e “engessamento” do processo de trabalho com centralidade na consulta psiquiátrica, prejudica as tentativas de reabilitação e inclusão social de usuários e famílias.

Palavras-chave


Apoio Social; Serviços de Saúde Mental; Enfermagem Psiquiátrica; Saúde Mental.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192033537

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa