Cotidiano de trabalho e acesso aos serviços de saúde de mulheres profissionais do sexo

Nayara Santana Brito, Jameson Moreira Belém, Tayenne Maranhão de Oliveira, Grayce Alencar Albuquerque, Glauberto da Silva Quirino

Resumo


Objetivo: compreender o cotidiano de trabalho e o acesso aos serviços de saúde de mulheres profissionais do sexo. Métodos: pesquisa qualitativa que utilizou o método etnográfico. Para a coleta de dados, foram utilizadas observação participante com registro em diário de campo, entrevista semiestruturada e formulário com dados sociodemográficos. Para a análise dos dados, associou-se à análise temática dos dados à etnografia. Resultados: emergiram quatro categorias temáticas: inserção na prostituição; relações familiares; sofrimento e adoecimento; e acesso aos serviços de saúde. Conclusão: o cotidiano das mulheres é marcado por condições precárias de trabalho e pela busca por serviços de saúde para resolução de problemas específicos, por iniciativa da mulher. A rotina de trabalho nesse contexto coloca as mulheres em situações de fragilidade clínica e social, expondo-as a vulnerabilidades em saúde.


Palavras-chave


Profissionais do Sexo; Acesso aos Serviços de Saúde; Saúde da Mulher; Promoção da Saúde; Vulnerabilidade em Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192033841

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa